Inter de Porto Alegre-RS/BRA Proporciona o Maior Fiasco da História do Futebol Sul-americano

by
Kidiaba foi eleito o melhor em campo. FONTE: Capa do GloboEsporte.com

Kidiaba foi eleito o melhor em campo. FONTE: Capa do GloboEsporte.com

Pela primeira vez na história do futebol, um clube sul-americano é eliminado precocemente de uma semifinal de Mundial de Clubes. O Inter de Porto Alegre-RS/BRA não ficou apenas neste recorde. Foi a primeira vez na história que um clube sul-americano não disputará uma final de Mundial de Clubes. Não só isso: foi a primeira vez desde que o futebol começou a ser jogado que um clube brasileiro foi derrotado por um clube africano em torneios entre continentes. Em síntese: os vermelhos brindaram os gremistas com o maior fiasco de sua história.

Na tarde deste inesquecível 14 de dezembro de 2010, o Inter de Porto Alegre-RS/BRA foi destroçado pelo TP Mazembe da República Democrática do Congo (QUEM???) por 2 a 0, gols de Kabangu e Kaluiyutuka. No primeiro, Bolívar e Índio assistem a Kabangu dominar a bola, enquadrar o corpo, e girar pra bater de chapa (sem chances) para um incrédulo goleiro Renan. No segundo, com o Inter de Porto Alegre-RS/BRA já desnorteado e desorganizado, veio “a pá de cal” (nas palavras do narrador Galvão Bueno): Kuliyutuka pedalou diante de Guiñazu, lembrando Robinho na final do Brasileirão de 2005 contra Rogério do Corinthians, descadeirou o argentino, bateu forte no canto direito de Renan que, após 4 séculos passados, caiu para tentar a defesa, quando a pelota já beijava as redes vermelhas. Agora o TP Mazembe/RDC, apelidado sarcasticamente de “Todo Poderoso” Mazembe, pegará na final o vencedor de Internazionale de Milão/ITA e Seongnan Chunma/COR.

Desde que Renato Portaluppi assumiu o Grêmio, a gangorra mudou de lado no Estado do Rio Grande do Sul. O Grêmio saiu da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro 2010 para obter a última vaga brasileira para a Copa Libertadores 2011, atropelando o “flanelinha” Inter de Porto Alegre mais uma vez (o qual amargou uma vexatória 8ª colocação). Na sequência, era preciso que o Goiás-GO/BRA fosse derrotado na final da Copa Sul-americana 2010 pelo Independiente/ARG para que o Imortal Tricolor confirmasse a sua vaga na Libertadores. Deu certo. SECAÇÃO POSITIVA. Para finalizar com glórias, o Inter de Porto Alegre-RS se manteve ATRÁS do Grêmio na história do futebol: enquanto o Grêmio tem um título mundial e um vice-campeonato mundial, o Inter de Porto Alegre-RS tem um título mundial e (NO MÁXIMO) um terceiro lugar. Tem coisa pior que assistir a uma decisão de terceiro lugar em um mundial no qual o teu time jogou apenas 1 jogo e já está fora, após uma “lavada futebolística”??? Deu certo novamente. SECAÇÃO POSITIVA.

Se era pra ir para o Mundial de Clubes e fazer esse fiasco, era preferível ficar em Porto Alegre-RS.  A gremistada, dona de 65% da torcida no Rio Grande do Sul, agradece-te, Inter de Porto Alegre-RS!!! Ah…a FIFA ainda errou ao colocar em seu site que o logotipo do Inter de Porto Alegre-RS era o do Vitória da Bahia. Na Libertadores, a Conmebol colocou o símbolo do Internacional de Santa Maria em lugar do símbolo do clube da Avenida Padre Cacique. É tanta vergonha que fica até chato descrever. Gastar R$ 9 mil pra ver o Inter de Celso Juarez Roth levar uma lambada do Mazembe não tem preço.  “O Inter de Porto Alegre-RS comeu o pão Kidiaba amassou…” (dissera um gremista espirituoso)

MAZEMBE 2 X 0 INTERNACIONAL
Kidiaba, Nkulukuta, Kimwaki, Ekanga e Kasusula; Mihayo, Kaluyituka, Bedi e Kasongo; Kabangu (Kanda) e Singuluma. Renan, Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Wilson Matias, Guiñazu, Tinga (Giuliano) e D’Alessandro; Rafael Sobis (Oscar) e Alecsandro (Leandro Damião).
T: Lamine N’Diaye T: Celso Roth
Estádio: Mohammed bin Zayed, em Abu Dhabi (Emirados Árabes). Data: 14/12/2010. Árbitro: Bjorn Kuipers (Holanda). Auxiliares: Berry Simons (Holanda) e Sander Van Roekel (Holanda).
Gols: Kabangu, aos sete do segundo tempo, e Kaluyituka, aos 40 do segundo tempo.
Cartões amarelos: Nkulukuta (Mazembe); Índio (Inter).
Público: 22.131.

Tchüss, fusballteigers!!

4 Respostas to “Inter de Porto Alegre-RS/BRA Proporciona o Maior Fiasco da História do Futebol Sul-americano”

  1. Gustavo Says:

    em NABUNDHABI o buraco é MAZEMBAIXO!

  2. Gustavo Says:

    O Inter comeu o pão KIDIABA amassou! e amassou com a bunda!

  3. Gustavo Says:

    KIDIABA é desfalque certo para o jogo final. Após muitos pulinhos, atacou hemorroida no atleta.

  4. Junigol Says:

    O pior de tudo para os infelizes colorados que testemunharam ao vivo o fiasco astronômico do seu time é ter de aturar todo o mês a infame fatura da CVC que terão de pagar por muito tempo…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: