Goleada Surreal no Futsal do TYMV

by

Era para ser um jogo mais parelho do que o da semana passada. Este relator que vos fala escolheu os times com Cleitão. No papel, os times estavam bem parelhos. Cleitão, capitão do Time Laranja, optou por um time de mais toque de bola, enquanto este relator, capitão do Time Azul, optou por um time mais raçudo. Com 10 minutos de jogo, os azuis venciam por 6 a 0 com 4 gols de minha autoria e 2 de Mossoró. Mossoró, aliás, voltou a demonstrar toda a sua habilidade e visão de jogo no início da partida. Junique e Alemão Pizoni voavam pelas alas, sempre aparecendo para jogar com este relator ou com Mossoró. Ocorre que, como normalmente ocorre, Mossoró passou a exagerar nas jogadas de efeito em dado momento. Aproveitando-se disso, o Time Laranja descontou com 1 gol de Diogo Carioca.

Diogo gritou o jogo inteiro com Cleitão. Luís marcava forte, inclusive, fazendo 4 faltas seguidas neste relator. Era o típico refrão do futebolês: “a bola pode passar, mas o jogador não”. Ratobol tentava armar as jogadas, mas a marcação dos azuis era forte. Mossoró marcou novamente e deixou em 6 a 0 a diferença. Foi então que o Time Azul resolveu aproveitar os erros dos laranjas. Os azuis passaram a pressionar mais e acertar o pé: Diogo marcou 2 vezes, Cleitão 1 vez e Luís Mirandinha 2 vezes, sendo o último após chute forte da intermediária. A vantagem caíra para um “mísero 1 a 0”. Caxias fazia grandes defesas em prol dos laranjas. Vinny estimulava os atletas azuis a buscar o resultado e organizava a marcação.O Time Azul estava muito próximo do gol de empate. O Time Laranja discutia entre si e cometia falhas na marcação.

No lance capital, Luís chegou na ponta direita e cruzou para o meio. Cleitão perdeu a chance de matar o jogo, deixando a bola espirrar. Este relator tomou a bola, conduziu-a rapidamente até o meio da quadra, deu um corte seco em Ratobol, e chutou de chapa sem chances para Vinny no canto direito rasteiro. Aquele gol desarticulara o Time Azul. Na sequência, Diogo Carioca tentou jogada no meio da quadra, perdeu a bola para este relator que, na base da vontade, puxou novo contra-ataque, tabelou com Mossoró, e decretou 9 a 6 pró laranjas. A partir daí, o Time Azul largou de mão o jogo. Diogo cansara de correr por Cleitão. Junique marcou 2 vezes, Mossoró mais 1 e este relator outras 2 vezes. O resultado elástico não demonstrou o que realmente foi o jogo. O Time Laranja mereceu a vitória, mas 14 a 6 fugiu um pouco da realidade. Deve-se muito mais à competência dos laranjas frente ao gol dos azuis, mesclada ao desinteresse do Time Azul em buscar o resultado no fim da peleia. Particularmente, para este relator foi um alívio voltar a jogar bem após a fatídica partida da semana pretérita, e de quebra, com 8 gols. Semana que vem tem feriado. Toco y Me Voy retorna às atividades dentro de 15 dias…

———————————————————————-

— SÚMULA DO JOGO # 121

** TIME AZUL:

01-Vinny – GK
02-Ratobol
03-Diogo Carioca
04-Luís Mirandinha
05-Cleitão(C)
———————–
06
x
14
———————–

** TIME LARANJA:

01-Caxias – GK
02-Junique
03-Alemão Pizoni
04-Mossoró
05-Zerbes(C)
———————————————————-
LOCAL: Centro Poliesportivo da PUCRS (Térreo/quadra 1)
HORA: 20h
DATA: 31 de agosto de 2010.
———————————————————-

Tchüss, fusballteigers!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: