Archive for maio \26\UTC 2010

Duelo de Gigantes no Futsal do TYMV e a Volta dos Arqueiros

maio 26, 2010
Infelizmente, semana passada não houve TYMV. Com as ausências de Diogo Carioca, Benninho Carioca, Ricardo Laudrup e Bartt, ficou difícil juntar 10 atletas para a celebração da peleia. Foram tentados diversos suplentes, tais como: Luís Mirandinha, Pedro Henrique, RodriNIGHT, Roger Secco, Renan Guerreiro, Renatinho, Cauê Show, Robigol, etc. Faltavam 2 atletas para o fechamento do grupo há 3 horas do início do jogo. Assim, o Conselho do TYMV resolveu cancelar o jogo.
Com isso, voltaram vários atletas sedentos pela peleia desta semana. Ricardo segue fora. Fontana foi a nova ausência, tendo em vista os compromissos no seu partido (ele deverá ficar fora semana que vem também). Aproveitando telefonema de RodriNIGHT, o maior goleiro que já vi em 29 anos de futsal amador, confirmei-o na lista dos 10 tocoymevoyzenses. Fui buscas “nos anais do TYMV” a última aparição de RodriNIGHT na peleia da galera, isso porque, não me recordava há quanto tempo RodriNIGHT não jogava conosco. A única lembrança que tenho sobre o último jogo dele é a seguinte: ele jogava no meu time, o qual empatava bravamente com o quinteto liderado por Pedro Henrique (um time bem mais forte tecnicamente), quando, ao final do jogo, em duas bolas recuadas ao grande RodriNIGHT, este tentou driblar Pedro, que acabou anotando os dois gols que dariam a vitória ao time adversário. Pois, como eu falei, fui buscar as informações deste jogo. Ora, estamos no jogo de número 107 em 25 de maio de 2010 e, pasmem, Rodriguinho aparecera pela última vez no jogo de número 26, o qual foi celebrado em 3 de julho de 2008, no Ginásio do Colégio Vicentino Santa Cecília, às 20h30. Faz quase 2 anos. Como diria Bartt: “recordar é viver”. Os times eram os seguintes: TIME AZUL> RodriNIGHT (GK); Kasakkha, Bartt, Renatinho e Zerbes. TIME COLORIDO> Cuervo, Pedro Pitbull, Fernandinho, Pedro Henrique e Cleitão. O jogo foi 13 a 11 para os coloridos na época.
Feito este momento “túnel do tempo”, não se pode esquecer que Ratobol convocou seu amigo Elton “Pagliuca” para jogar como arqueiro, para o lugar de Fontana. Há muito tempo não se via a gurizada tão estimulada para um jogo, até porque, desde o início do ano de 2008 não conseguia jogar com 2 guarda-redes. E isso que o Toco y Me Voy começou em 8 de novembro de 2007. Os times foram democraticamente divididos por Zerbes e Diogo Carioca, porém, como Bartt exerceu o seu jus esperniandi, o grupo viu-se na obrigatoriedade de fazer uma última modificação antes do início do jogo. A expectativa era grande pelas atuações dos goleiros, até porque, Rodriguinho não jogava há anos e Elton Pagliuca (este apelido foi dado tendo em vista o estilo do arqueiro quanto ao uniforme e arrojo no bloqueio da meta) era desconhecido para 90% do grupo.
Jogaço. Partidaça. Tremenda peleia. Verdadeiro entrevero pampeano. Os azuis, liderados por Mossoró, abriram o marcador após uns 8min de estudo entre os dois times, por intermédio de jogada bem articulada entre o já citado líder, Cleitão e Bartt – autor do belo gol que encontrou a coruja que dormia na gaveta direita de RodriNIGHT, goleiro do Time Laranja. O laranjas pressionavam muito, tinham maior posse de bola, mas eram afoitos nas conclusões a gol, tendo perdido uma série infindável de gols, ora por maestria de Elton – que fechava muito bem a meta, ora por falta de frieza. Nos contra-ataques, os azuis conseguiram construir a avassaladora vantagem de 5 gols de diferença. Os laranjas não acreditavam no que viam. Diogo e Zerbes perderam 3 chances claras cada um, enquanto Junique perdera 1 gol também claríssimo na sequência. RodriNIGHT passou a executar defesas de alto grau de dificuldade, salvando o time de levar uma goleada ainda maior em determinado momento. Entretanto, de tanto insistir, os laranjas conseguiram chegar ao primeiro tento, após roubada de bola deste Relator, o qual lançou Benno que, por sua vez, tocou para Junique fazer o primeiro gol do Time Laranja. Estimulados pelo gol inicial, os laranjas encurralaram os azuis, marcando outros 3 gols, 1 por intermédio de Diogo Carioca (aparando chute reboteado) e 2 deste Relator, o segundo, um gol ao melhor estilo “centroavante trombador”, driblando Mossoró e Cleitão, dividindo a pelota com Rato e chutando na saída do valoso arqueiro Elton Pagliuca.
Bartt e Mossoró tentavam sacudir o ânimo do time, e com dois gols de Cleitão, apenas complementando debaixo da trave tabelamento de Rato, Mossoró e Bartt, voltaram para o jogo. Foi então que os laranjas, na base da entrega e de muita raça, alcançaram a virada inimaginável. Diogo Carioca marcou 2 gols em triangulação com Zerbes, o segundo, após 2 chutes deste Relator defendidos por Elton, chegando a furar a rede da meta com raiva; Junique também marcou mais um. Quando todos achavam que a vitória dos laranjas parecia irrevogável, eis que um lançamento de Ratobol, às costas da defesa defendida por RodriNIGHT, encontra os pés de Mossoró que, com muita habilidade, dribla o arqueiro do Time Laranja e dá números finais, quase “no apagar das luzes”: 8 a 8. Exaustão física de ambos os times ao final do jogo, mas muita satisfação de todos por ter jogado aquele que pode ter sido o melhor jogo do ano. Salve RodriNIGHT! Salve Elton Pagliuca! Salve a figura tão importante e intrínseca ao futebol que é o guarda-metas!

———————————————————-

— SÚMULA DO JOGO # 107

** TIME LARANJA:

01-RodriNIGHT (GK)
02-Benninho Carioca
03-Junique
04-Diogo Carioca
05-Zerbes
———————–
8
x
8
———————–

** TIME AZUL:

01-Elton Pagliuca (GK)
02-Ratobol
03-Bartt
04-Mossoró
05-Cleitão
———————————————————-
LOCAL: Centro Poliesportivo da PUCRS (Térreo/quadra 1)
HORA: 20h
DATA: 25 de maio de 2010.
———————————————————-

Tchüss, fusballteigers!!!

A Convocação da Seleção Brasileira para a Copa da África de 2010

maio 14, 2010
Dunga e seu "exército de 1 homem só". FONTE: Site da CBF

Dunga e seu "exército de 1 homem só". FONTE: Site da CBF

ADJETIVOS À CONVOCAÇÃO DE DUNGA

A convocação da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo de Futebol 2010, a qual será realizada pela primeira vez no Continente  Africano, foi extremamente conservadora, coerente e (até certo ponto) surpreendente. Conservadora por que manteve o grupo que o treinador Dunga vinha convocando, praticamente sem abrir exceções. Coerente por que a convocação foi feita dentro dos padrões estabelecidos (e sempre reiterados publicamente) pelo comandante do time. Até certo ponto surpreendente por que convocou atletas que pouco (ou nada) contribuirão para um possível título mundial do selecionado canarinho.

OS GOLEIROS

Como um todo, achei a seleção qualificada. Contudo, há poucos, mas graves equívocos. A primeira surpresa foi a ausência de Victor, melhor goleiro do Brasil na atualidade, capitão do Grêmio. O titular Júlio César (Internazionale/ITA) é unanimidade, simplesmente o maior do mundo. Tudo bem. Mas Gomes (Tottenham/ING) e Doni (Roma/ITA) são escolhas inconcebíveis. Gomes foi execrado do PSV Eindhoven/HOL, vem fazendo uma boa temporada, mas não é 100% seguro. Sua altura o prejudica em chutes rasteiros. E o que falar de Doni? Foi vaiado no Juventude-RS/BRA, seu empresário conseguiu levá-lo para a Roma/ITA sabe-se lá de que maneira, e hoje é reserva de outro brazuca JAMAIS convocado (Júlio Sérgio, o qual era reserva no Santos-SP/BRA). Ouvi a justificativa de Dunga sobre Doni e aceitei. Parece-me bastante plausível convocar ele pelos trabalhos prestados à Seleção Brasileira (foi titular fundamental na conquista da Copa América 2007, tendo brigado com a direção do seu clube para servir o Brasil), entretanto, Victor está “léguas a frente” de Gomes. Eu convocaria Fábio (Cruzeiro-MG/BRA) e Victor, ao invés de Gomes e Doni. Foi uma grande injustiça com Victor. Os jornalistas do SporTV Lédio Carmona, Paulo Vasconcellos e Milton Leite entendem da mesma forma. De qualquer modo, como muito provavelmente não jogarão os goleiros reservas, não se trata de um erro grave.

OS LATERAIS

Quanto à lateral-direita, não há o que falar. Dunga foi perfeito. Maicon (Internacionale/ITA) é um dos maiores laterais-direitos do mundo, senão o melhor. Enquanto Daniel Alves (Barcelona/ESP) só não é titular, por que a Seleção tem Maicon. Se fosse otra seleção, Daniel Alves seria titular com sobras. Todavia, vejo dois equívocos na lateral-esquerda. Gilberto (Cruzeiro-MG/BRA) e Michel Bastos (Lyon/FRA) não jogam em seus respectivos clubes como laterais ha muito tempo. Hoje, são meias-de-ligação. Considero uma temeridade o que Dunga está fazendo. Eu levaria André Santos (Fenerbahce/TUR) e Marcelo (Real Madrid/ESP). Marcelo vive grande fase na Espanha, enquanto André Santos foi aquele que se saiu melhor entre todos os laterais-esquerdos testados. Se as seleções adversárias investirem pela lateral-esquerda do Brasil, encontrarão uma “avenida”. Trata-se de dois equívocos graves, os quais podem levar o Selecionado Canarinho ao insucesso nesta Copa do Mundo.

OS ZAGUEIROS

Perfeito. Nada a contraditar. Dunga foi perfeito. Lúcio (Internazionale/ITA) e Juan (Roma/ITA) formam uma das melhores defesas do mundo, senão a melhor – tal como no caso de Maicon quanto à lateral-direita. Luisão (Benfica/POR) correspondeu à altura quando foi chamado. Thiago Silva (Milan/ITA) mostra-se mais competente que Miranda (São Paul-SP/BRA). Este último, a propósito, tem “recaídas em decisões”.

OS VOLANTES

Uma completa demasia. Dunga exagerou. Não há necessidade de tantos volantes. Nunca havia visto uma seleção com tantos volantes na história. Josué (Wolfsburg/ALE), Gilberto Silva (Panathinaikos/GRÉ), Felipe Melo (Juventus/ITA), Kléberson (Flamengo-RJ/BRA) e Ramires (Benfica/POR). Gilberto Silva e Felipe Melo são unanimidades na Seleção Tupiniquim, embora não sejam em seus clubes. Pelo Brasil, sempre jogaram bem e impuseram os seus estilos, defendendo a zaga brasileira com “unhas e dentes”. Melo foi uma grata surpresa até. Ajeitou o meio-campo da Seleção. Incrível. Aquele meia-de-ligação excessivamente individualista da época de Grêmio, desvirtuador de vestiário, deu lugar a um volante competente, que sabe sair jogando, fazer gols e defender como poucos. Kléberson e Ramires são os reservas (qualificados), inclusive, brigando pela terceira posição do meio com os meias avançados que irei analisar no próximo item. Mas e Josué? Qual a necessidade de se ter este atleta? Equívoco gravíssimo, a meu ver, o maior de todos. Isso porque, em razão de Josué, Dunga abriu mão de um meia-articulador. O treinador da Seleção Brasileira engatizou que Josué é de extrema importância para  grupo, fundamentalmente no apoio moral aos companheiros. Ora, então estamos diante de um novo “caso de Perdigão”. Ou vocês não lembram da função do volante Perdigão no Internacional de Porto Alegre-RS/BRA campeão da América em 2006? O treinador da época (Abel Braga) dizia que Perdigão era vital para o grupo por que unia os jogadores e os fazia rir com suas piadas e brincadeiras. Lamentável. Se assim fosse, dever-se-ia contratar “pirrôs” e “palhaços” para atuarem nos times de futebol então.

OS MEIAS

Dunga foi perfeito mais uma vez. Convocou os três atletas que mais atuaram na função e (de fato) se destacaram: Elano (Galatasaray/TUR), Kaká (Real Madrid/ESP) e Júlio Baptista (Roma/ITA). Muitos reclamam da convocação de Júlio Baptista, haja vista que é reserva na Roma/ITA. Sem embargo, trata-se de um jogador que foi fundamental na conquista da Copa América 2007, sem contar que, quando chamado, deu a resposta certa. Também não esqueçamos que o titular da posição dele na Roma/ITA é, nada mais nada menos, que Francesco Totti, grande astro e capitão da Itália tetracampeã mundial. Elano foi convocado por que teve um início avassalador na Seleção Brasileira. Desde o primeiro jogo de Dunga ele deu uma resposta extremamente positiva. Não vem bem ultimamente. Tornou-se reserva no Manchester City/ITA, até ser negociado com seu atual clube. Pode tornar-se reserva no decorrer da Copa. Como falei no item anterior, Ramires e Kléberson lutam por esta vaga também. Kaká é unanimidade mundial. É o craque do time. Sempre jogou demais no Selecionado Canarinho. O problema todo é que não há um reserva para Kaká na Seleção Brasileira. No item anterior explicitei esta situação. Josué foi um erro convocatório. Dever-se-ia convocar Ronaldinho Gaúcho (Milan/ITA), Paulo Henrique Ganso (Santos-SP/BRA), ou qualquer meia-articulador, caso Kaká frustre as expectativas colocadas sobre ele. Vou mais além. E se Kaká lesionar-se? Pronto. A Seleção Brasileira estará perdida, a Copa não será do Brasil. Júlio Baptista não é articulador, mas sim, um “quase atacante”. Elano não é articulador, mas sim, um “quase volante”. Defino a Seleção Brasileira como “um amontoado de fervorosos operários guerreiros, mas com um único arquiteto para tentar algo diferenciado”. Até Douglas (Grêmio) seria bem-vindo nesta Seleção, tendo em vista a situação em que o próprio Dunga colocou-se.

OS ATACANTES

Nada a contrariar. Luís Fabiano (Sevilla/ESP), Robinho (Santos-SP/BRA) e Nilmar (Villarreal/ESP) são unanimidades. Jogaram muitas partidas sob o comando de Dunga e sempre deram a resposta esperada. Goleadores, marcaram uma série de gols importantes e vitais para o sucesso do Selecionado Dunguista, que é o rei dos resultados. Grafite (Wolfsburg/ALE) foi uma escolha criteriosa, a meu ver. Ele foi convocado pelo excelente ano que fez em 2009. Adriano (Flamengo-RJ/BRA) desconvocou-se por meio de sua conduta reprovável. Ronaldo (Corinthians-SP/BRA) acabou com as suas últimas chances de convocação ao apresentar-se acima do peso (novamente) no início de 2010. Vágner Love (Flamengo-RJ/BRA) tem as carcaterísticas de Robinho e Nilmar, estando (no momento) abaixo destes. Hulk (Porto/POR) jogou as últimas partidas da Seleção, porém, não tem perfil para uma Copa do Mundo. Fred (Fluminense-RJ/BRA) seria o nome ideal, na minha opinião, contudo, vem sofrendo com lesões em 2010, além de ter sofrido cirurgia, em razão de uma apendicite, recentemente. Diego Tardelli (Atlético Mineiro-MG/BRA) é um ótimo atacante, está em grande fase, tem experiência internacional, mas não foi a opção de Dunga. Neymar (Santos-SP/BRA) é o melhor jogador em atividade no país, todavia, tem pouquíssima experiência, além de nunca ter sido convocado. Explodiu a poucos dias da Copa do Mundo. Poderia ser um “diferencial técnico” na Seleção, mas seria uma aposta. Portanto, Dunga não errou em suas escolhas quanto aos atacantes.

___

Kaká terá de "fazer mágica" na Copa do Mundo da África 2010. FONTE: Site da FIFA

Oremos!

Tchüss, fusballteigers!!

Semifinal ds Copa do Brasil 2010: Grêmio 4×3 Santos – O MAIOR JOGO DO ANO

maio 13, 2010

Simplesmente de tirar o fôlego…o maior jogo que já presenciei em 29 anos de existência…

A Volta da Democracia Tocoymevoyzense

maio 12, 2010

No jogo que marcou o início dos deslocamentos até o Ginásio Poliesportivo da Pucrs deste relator e de Dioguito El Carioca via “bikecrosses” – o que causou furdúncio no bicicletário em momentos antecedentes à peleia, houve a retomada da “Democracia Tocoymevoyzense”. Sem quebra de hierarquia, sem medidas centralizadoras, sem autoritarismo, como havia sido feito na última peleia. Desta feita, os times foram escolhidos por dois atletas da mesma função e de qualidades similares: Benno e Rato, ambos fixos. Mais uma vez, é bom que se diga, os times ficaram desparelhos, todavia, foi uma escolha justa e democrática de escolha. Se os times ficaram desparelhos, foi porque um dos capitães optou de maneira equivocada na formação do seu time. O fato é que o Time Laranja teve ameaçada a sua liderança no placar somente durante um pequeno lapso temporal de uns 8 minutos na metade da peleia. Bem mais técnico, o Time Laranja ‘deu as cartas’ durante 90% do jogo, inclusive, realizando jogadas ‘de academia’, por vezes. Os coloridos largaram na frente com gols de Fontana e Cleitão, contudo, os laranjas organizaram-se e passaram a jogar num toque de bola envolvente. Diogo Carioca e Junique tentavam estimular seus companheiros de Time Colorido com palmas e palavras de incentivo, porém, a raça e a bravura demonstrados pareciam insuficientes, tendo em vista a disparidade de qualidade entre os times. Os laranjas chegaram abrir 6 a 0, mas com muita gana, os coloridos alcançaram nova igualdade. Foi então que os laranjas resolveram jogar. Teve gol de goleiro na gaveta, de autoria deste relator; teve gol de goleiro de Mossoró, através de chute forte; teve golaço de Bartt, driblando dois marcadores e chutando forte no canto contrário do arqueiro; e teve até gol de letra deste relator. A propósito, há tempos que este relator não marcava 6 gols num único jogo (semana passada havia marcado 5). Fazer gols e poder agradecer aos companheiros um belo passe (como o aéreo dado por Mossoró em um gol de cabeça praticamente dentro da goleira) é um dos sentimentos mais gostosos da prática futebolística para aqueles que amam e idolatram este esporte bretão.

Diogo irritou-se com a passividade de Cleitão, que pouco marcava. Junique procurava os companheiros para tocar a bola, mas não havia deslocamento nas alas para que houvesse um passe. Fontana tentava, aos dribles, vencer a marcação. Ratobol tentava iniciar as jogadas. Mas era o dia dos laranjas. Ao final do jogo, uma vitória bem administrada – por 3 tentos a 0 – pelo time que detinha a maior força técnica em face da escolha (justa) dos capitães.

———————————————————-

— SÚMULA DO JOGO # 106

** TIME LARANJA:

01-Ricardinho Laudrup
02-Benninho Carioca(C)
03-Bartt
04-Mossoró
05-Zerbes
———————–
13
x
10
———————–

** TIME COLORIDO:

01-Fontana
02-Ratobol(C)
03-Junique
04-Diogo Carioca
05-Cleitão
———————————————————-
LOCAL: Centro Poliesportivo da PUCRS (Térreo/quadra 1)
HORA: 20h
DATA: 11 de Maio de 2010.
———————————————————-

Tchüss, fusballteigers!!!

Um Balanço Inicial Sobre o Campeonato Brasileiro 2010

maio 10, 2010
Os Meninos da Vila já fizeram mais de 100 gols em 2010 e prometem fazer mais história este ano. Alguém duvida? FONTE: Ig.com

Os Meninos da Vila já fizeram mais de 100 gols em 2010 e prometem fazer mais história este ano. Alguém duvida? FONTE: Ig.com

Tudo bem, muitos vão me dizer que é cedo demais para afirmar tais proposições, mas o Brasileirão começou. O campeonato mais difícil do mundo teve início neste sábado. Apertem os cintos! Façam as suas apostas! As cartas estão na mesa. E, como já diz o título, é apenas um balanço “inicial”. O fato é que, olhando os grupos dos 20 clubes que disputam o Brasileirão, é possível fazer algumas projeções. Não se pode esquecer que a janela de transferências do mês de Agosto sempre modifica os clubes de menor poder econômico (haja vista que os clubes do exterior levam seus melhores atletas por cifras astronômicas, desmantelando os times brazucas “sedentos por verdinhas”).  Partindo deste pressuposto, trago-lhes as seguintes projeções de início para este torneio:

___

CANDIDATOS AO REBAIXAMENTO:

_ Grêmio Prudente-SP: não é por que levou 6 gols do Avaí-SC, porém, é o típico time de empresários, do interior de São Paulo-SP, que aparece para o mundo do futebol por alguns anos, e depois sucumbe (vide São Caetano-SP no início dos anos 2000, Paulista de Jundiaí-SP campeão da Copa do Brasil nos anos 2000, Santo André-SP campeão da Copa do Brasil nos anos 2000 e que subiu, mas já desceu de divisão no Brasileirão, Bragantino-SP nos anos 90, etc.).

_ Ceará-CE: é o que eu chamo de “time-elevador”; trata-se daquele tipo de clube que sobe e desce da primeira para a segunda divisão, e da segunda para a terceira, constantemente (outros exemplos são a Portuguesa de Desportos-SP, América de Natal-RN, Paysandu-PA, Santa Cruz-PE); vencer o Fluminense-RJ em casa na primeira rodada não quer dizer nada, ainda mais tendo em vista que o gol foi de pênalti, e pra piorar, um pênalti inexistente.

_ Guarani-SP: embora tenha vencido o Goiás-GO em casa na primeira rodada, além de deter cartaz de campeão brasileiro com a geração de Careca, o Bugre muito fraco; reforçou-se para o Brasileirão, mas o 8 a 1 que sofreu na Copa do Brasil para o Santos-SP reflete o quanto o clube corre o risco de retornar à Série B em 2011; também é “time-elevador”.

_ Goiás-GO: vem se mantendo há anos na Série A do Campeonato Brasileiro, tendo escapado do rebaixamento nos últimos anos por um triz; ao que tudo indica, o Goiás-GO não escapará este ano, tendo em vista o seu fraquíssimo grupo de jogadores; otra prova disso, é que nem à final do Campeonato Goiano conseguiu chegar (obteve a “façanha” de deixar o Santa Helena fazer a final do Goianão com com Atlético-GO).

_ Vasco da Gama-RJ/Atlético-PR: estes dois correm por fora na briga para fugir do rebaixamento; ambos não devem conseguir mais do que uma das últimas vagas na Copa Sul-Americana (na melhor das projeções). Trata-se de times muito deficientes na marcação e que dependem fundamentalmente da inspiração de 1 ou 2 jogadores (no caso dos cariocas Carlos Alberto e Phillippe Coutinho, no caso dos paranaenses, o veteraníssimo Paulo Baier).

___

CANDIDATOS À COPA SUL-AMERICANA:

_ Vitória-BA: veio para ser coadjuvante; o centroavante Júnior e o goleiro colombiano Viáfara passam por grande fase; deve ficar no meio da tabela, uma vez que não joga tão bem fora de casa, como faz em seus domínios.

_ Atlético-GO: há tempos vinha beliscando uma chance de jogar a Sèrie A; é o típico “time-carrapato”: incomoda até não poder mais, em que pese não ter jogadores de altíssima técnica; o fato de o time chegar pela primeira vez a uma semifinal de Copa do Brasil já indica o crescimento do clube; Geninho (terinador) acertou o time.

_ Avaí-SC: aos frangalhos após o desmanche do melhor time da história do clube (6º lugar no Brasileirão 2009 sob o comando de Paulo Silas), o clube foi em busca de reforços e conseguiu ganhar o Campeonato Catarinense 2010; incomodou o Grêmio nas oitavas-de-final da Copa do Brasil (tendo vencido o jogo na Ressacada) e estreou como líder do Brasileirão 2010; deve ficar no meio da tabela por falta de qualidade no plantel.

_ Fluminense-RJ: desde que Muricy Ramalho assumiu o comando do time, o Tricolor só perdeu (3 derrotas seguidas, sendo 2 para o Grêmio na Copa do Brasil e 1 agora na estreia do Brasileirão para o Ceará-CE); tem um grupo bom o suficiente para ficar na linha intermediária; não deve passar por apuros como no ano passado, quando quase rebaixou.

_ Botafogo-RJ: o título do Campeonato Carioca 2010 é enganador; a eliminação sumária na Copa do Brasil para o Santa Cruz-PE é realista; a defesa do Fogão é muito fraca (Fábio Ferreira nem ficava no banco do Grêmio), seu goleiro é inconstante, seu grande articulador está em má fase (Lúcio Flávio) e seu ataque não é confiável (Germán Herrera e Loco Abreu); vaga confirmada na Sul-Americana.

___

CANDIDATOS À COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA:

_ Palmeiras-SP: conquanto venha tendo um péssimo ano de 2010 (eliminação na Copa do Brasil nas quartas-de-final pelo Atlético-GO, eliminação sumária no Paulistão, sem classificar para a segunda fase), é time grande, tem tradição, tem elenco e já começou o torneio vencendo bem ao seu estilo: 1 a 0 chorado sobre o Vitória-BA.

_ Atlético-MG: sob o comando de Celso Roth em 2009, surpreendeu o Brasil por liderar várias rodadas o campeonato nacional; porém, com a “síndrome de cavalo paraguaio” que assombra seu ex-comandante da casamata, o Galo caiu tanto que acabou fora, inclusive, da zona de classificação à Libertadores; trouxe Vanderley Luxemburgo para comandar o time em 2010, e isso justifica qualquer favoritismo.

_ Internacional-RS: poupando jogadores nas rodadas iniciais em razão da disputa da Copa Libertadores da América, já teve um baque na primeira rodada (2 a 1 para o Cruzeiro-MG em pleno Beira-Rio); após a participação no torneio sul-americano, caso confirme sua eliminação, concentrando forças no Brasileirão deverá brigar por vaga.

_ São Paulo-SP: falar em Campeonato Brasileiro sem falar de São Paulo Futebol Clube é complicado; São Paulo-SP está para o Brasileirão, como o Grêmio está para a Copa do Brasil, como a Seleção Brasileira está para a Copa do Mundo; o Tricolor Paulista é sempre favorito, mesmo em má fase tecnica; o time costuma crescer na reta final.

_ Flamengo-RJ: atual campeão brasileiro, tem um grupo fortíssimo e jogadores de nível de seleção; o time está envelhecido e sem um treinador à altura, porém, quando seus atletas querem jogar mesmo, a coisa encrespa.

_ Cruzeiro-MG: favorito ao título da Libertadores 2010; para muitos, também é o time mais completo do Brasil.

_ Corinthians-SP: favorito por ter um dos elencos mais qualificados do Brasil e por ser o time mais favorecido pela arbitragem em todo o país.

_ Santos-SP: mesmo tendo uma defesa veterana e fraca (Durval e Edu Dracena), tem o melhor time do Brasil na atualidade (os ‘dançarinos’ Robinho, Ganso, André, Neymar e Wendel desequilibram); time que trouxe de volta à Nação “o romantismo perdido no pretérito”.

_ Grêmio: clube mais copeiro do Brasil, reformulou o elenco justamente nas posições em que era deficiente no ano passado; campeão gaúcho 2010, o time chega às semifinais da Copa do Brasil em seu melhor momento no ano de 2010 e, coincidentemente, no melhor momento da carreira de seu treinador (Paulo Silas); Silas promete que o Imortal Tricolor também vencerá fora de casa neste ano (fator que foi a grande síndrome do clube em 2009).

___

Se deixarem o matador Borges e o canhoto Douglas jogar, a derrota é 99% certa ante o Grêmio. FONTE: ClicRBS

Se deixarem o matador Borges e o canhoto Douglas jogar, a derrota é 99% certa ante o Grêmio. FONTE: ClicRBS

Tchüss, fussballteigers!!

NA CARA DO GOL

maio 10, 2010

TERÇA DECISIVA

Daqui há 36 dias vai iniciar a Copa do Mundo de 2010 na África do Sul. O assunto já domina os debates nos principais meios de comunicação, bares e em qualquer roda de amigos que apreciem o futebol. Mas antes disso haverá o anúncio da lista dos 23 convocados do técnico Dunga para o certame. Além destes mais 7 podem ser inscritos numa lista anterior que será enviada á Fifa até o dia 11 de Maio, totalizando 30 jogadores. Podem ser feitas alterações na lista principal até 24 horas antes do jogo de estréia.

Todo o brasileiro é um treinador de futebol, é o que a máxima diz. E eu já tenho a minha lista, com base nos desempenhos dos jogadores com a camisa da seleção e nos seus respectivos clubes.

Eis os nomes:

GOLEIROS

Júlio Cesar (Inter de Milão), Victor (Grêmio) e Gomes (Tottenham)

LATERAIS

Maicon (Inter de Milão), Daniel Alves (Barcelona), Kléber (Internacional), Marcelo (Real Madrid)

ZAGUEIROS

Lúcio (Inter de Milão), Juan (Roma), Miranda (São Paulo), Luisão (Benfica)

VOLANTES

Thiago Mota (Inter de Milão), Kleberson ( Flamengo), Ramires ( Benfica), Felipe Melo (Juventus)

MEIAS

Kaká (Real Madrid), Elano (Manchester City), Paulo Henrique Ganso (Santos), Ronaldinho Gaúcho (Milan) 

ATACANTES

Luis Fabiano (Sevilla), Nilmar (Villareal), Robinho ( Santos), Fred (Fluminense)

LISTA DE SUPLENTES

Diego Alves (Almería), Thiago Silva (Milan), Leonardo Moura (Flamengo), Gilberto Silva (Panathinaikos), Júlio Baptista (Roma), Neymar (Santos), Adriano (Flamengo).

Doni é reserva na Roma. Se fosse comvocado teria que chamar também titular da Roma Júlio Sérgio por coerência. Nenhum deles é melhor que os 3 goleiros que escolhi. 

Optei por escolher 2 laterais esquerdos, mesmo sabendo que Daniel Alves, que é destro, joga na esquerda também. Acredito que a improvisação deva ser emergêncial e não regra. Kléber e Marcelo tem jogado muito nestes últimos 2 meses.

Na zaga, Réver seria o meu nome no lugar de Miranda, mas transferiu-se para a Alemanha e está na reserva do Wolfsburg. É carta fora do baralho. Mirnada está em um estágio superior a ele no momento. Thiago Silva apesar de estar no Milan e ter um futuro promissor ainda é um pouco “verde” na minha opinião. Lúcio e Juan são a melhor zaga do mundo.

Volante para mim tem que marcar, passar e lançar. Josué é um bom jogador mas tem jogadores na posição mais completos que ele disponíveis. Thiago Motta está numa grande temporada na Inter e tem sido titular. Já Felipe Melo não está bem na Juventus, mas na seleção sempre jogou bem. Gilberto Silva já não tem a mesma vitalidade, que era a sua principal característica. Kleberson recuperou o futebol que apresentou em 2002 e Ramíres mantém a boa média dos últimos meses.

Ronaldinho Gaúcho apesar das oscilações técnicas, joga muito mais que Júlio Batista, Diego, Hernanes e outros. Tem que ir. Kaká não precisa de comentários. Elano é um coringa de qualidade, e encaixou no sistema de Dunga. Ganso é o melhor meia no Brasil no momento. É o novo Sócrates.

Não sou fã de Robinho, mas está na melhor temporada dos últimos anos. Já jogou copa e não vai tremer. Luis Fabiano é o homem-gol da seleção. Nilmar tem feito muitos gols mesmo jogando em um time fraquíssimo. São 3 atacantes mais de velocidade. Escolhi Fred em vez de Neymar pois é um centroavante mais de posicionamento, dando oportunidade do treinador mudar a configuração do ataque. É mais experiente e também está fazendo muitos gols. Adriano só quer saber de baile funk, é uma pena, seria meu convocado com certeza se tivesse mais comprometimento.

Certo que haverá quem discorde, mas a graça do futebol está aí. Não há uma única maneira de se chegar a o resultado desejado. O que importa é que o objetivo seja atingido e as vuvuzelas brasileiras ecoem por toda África após o final da copa. 

Status é comprar coisas que você não quer, com um dinheiro que você não tem, para mostrar para gente que você não gosta alguém que você não é.”  Geraldo Eustáquio de Souza

Abraços a todos!!!

“Mata-mata é que nem uma orgia a 8 ou a 12: nunca se sabe o que pode acontecer”.

maio 10, 2010

[GUERRA FILHO, Adroaldo. Programa Bate-Bola TV Com, 21h, 09.05.2010] – comentário feito após ser questionado se é mais difícil enfrentar o Estudiantes de La Plata/ARG ou o Santos-SP/BRA numa eliminatória (adversários da Dupla Grenal na Libertadores e na Copa do Brasil)

Guerrinha, jornalista gaúcho da Rádio Gaúcha e da TV Com, e suas deixadas memoráveis. FONTE: ClicRBS

Guerrinha, jornalista gaúcho da Rádio Gaúcha e da TV Com, e suas deixadas memoráveis. FONTE: ClicRBS

“São os dois melhores times do Brasil”.

maio 7, 2010

[CARMONA, Lédio. Comentário feito pelo renomado jornalista  ao Professor Ruy Carlos Ostermann nos bastidores do SporTV, em relação ao confronto Grêmio x Santos, válido pelas semifinais da Copa do Brasil 2010/ FONTE: Pág. 74, Jornal Zero Hora de 07.05.2010]

Lédio Carmona é mais um entre tantos brasileiros que aguardam "o grande confronto do ano de 2010". FONTE: Globo.com

Lédio Carmona é mais um entre tantos brasileiros que aguardam "o grande confronto do ano de 2010". FONTE: Globo.com

Timão campeão da Libertadores?

maio 7, 2010

Só no Playstation…

Peleia com Início e Fim Conturbado no Futsal do TYMV

maio 5, 2010

Cleitão passara a semana toda especulando que os times deveriam ser mantidos, apenas trocando Roger Secco por Diogo Carioca. Este relator rechaçou qualquer possibilidade neste sentido, haja vista a gigantesca disparidade entre um atleta e outro. Roger Secco foi o último a ser escolhido na semana passada, enquanto Diogo (via de regra) é o primeiro, o segundo ou o terceiro a ser escolhido. A diferença era clara, incontroversa e notória. Todavia, antes de iniciar o jogo, Cleitão insistiu e saiu distribuindo os coletes por sua própria conta. Provavelmente porque queriam devolver a goleada da semana passada – sentimento refletido nos próprios dizeres de Cleitão (“eu quero revanche”), os laranjas ficaram meio constrangidos, mas aceitaram a divisão, alegando que os times estavam parelhos. Avisei novamente que os times estavam desparelhos, mas não fui ouvido. Houve lances de tensão durante o jogo, a rivalidade se aflorou em determinados momentos (o que não condiz com “os princípios norteadores do TYMV”), inclusive entre jogadores do próprio time, e o jogo acabou sendo conturbado. O Time Laranja chegou estar goleando por 3 gols de diferença. Deu uma relaxada no jogo, e (a muito custo) o Time Azul conseguiu empatar. Suando sangue, enquanto os laranjas apenas tocavam a bola. Foi o Time Laranja querer forçar um pouco, que a vitória veio com facilidade. O resultado é mentiroso, haja vista que os azuis passaram o jogo inteiro correndo incessantemente atrás do resultado. Ao final do jogo, o desfecho não poderia ser outro. Irritação, discussão e chateação. Como alento, ficou a experiência de que “panelinhas” não serão mais admitidas, de que a forma mais democrática de arquitetar os times é colocando 2 atletas para escolher, sob pena de haver constrangimento, injustiça e desgaste desnecessários. Quanto mais mesclar os jogadores, menos brigas acontecerão. A moral do TYMV é celebrar a amizade da gurizada, proporcionar diversão a TODOS, e não rivalizar, estressar. Algumas pessoas parecem não entender isso, contudo, após as críticas e os desentendimentos fúteis de ontem, espera-se que isso não ocorra mais e que estes deixem de pensar individualmente.

———————————————————-

— SÚMULA DO JOGO # 105

** TIME LARANJA:

01-Diogo Carioca
02-Ratobol
03-Bartt
04-Ricardo
05-Cleitão
———————–
11
x
10
———————–

** TIME AZUL:

01-Fontana
02-Benninho Carioca
03-Junique
04-Zerbes
05-Mossoró
———————————————————-
LOCAL: Centro Poliesportivo da PUCRS (Térreo/quadra 1)
HORA: 20h
DATA: 04 de Maio de 2010.
———————————————————-

Tchüss!!!

FGF Anuncia a Seleção do Gauchão 2010: Grêmio tem 8 Atletas Selecionados, e Internacional de Porto Alegre Nenhum

maio 4, 2010
Gremistada "roubou a cena" na Festa dos Melhores do Gauchão 2010. FONTE: ClicEsportes

Gremistada "roubou a cena" na Festa dos Melhores do Gauchão 2010. FONTE: ClicEsportes

Não poderia ter sido melhor para  o Grêmio. O Imortal Tricolor apenas confirmou na eleição dos melhores do Campeonato Gaúcho 2010 que foi merecidíssimo o título conquistado ante o arquirrival. O Grêmio teve oito entre os onze escolhidos. Uma verdadeira “lavagem” na concorrência. Maylson foi eleito o jogador revelação. O Internacional de Porto Alegre não teve nenhum atleta na lista. Marcelo Costa, capitão e meia-esquerda do Caxias, foi eleito (ACREDITEM!!) o craque. O melhor treinador foi Gilmar Iser, do Novo Hamburgo. Quem escolheu o melhores do Gauchão 2010 foram a imprensa e os representantes dos clubes. A votação final ficou a critério dos torcedores, no site da Federação Gaúcha de Futebol.

Confesso que achei algumas escolhas, no mínimo, inusitadas. Nada contra o Itaqui e o Marcelo Costa, ex-jogadores do meu amado Grêmio, contudo, havia cabeças-de-área bem mais qualificados que Itaqui (Gavião do Pelotas, e Sandro do Internacional de Porto Alegre, por exemplo), assim como é fato notório que o melhor jogador da competição foi Jonas. Ora, por mais que Marcelo Costa tenha destacado-se no Caxias, não chegou sequer a uma final de turno. Maylson foi eleito o jogador revelação, empilhou gols como meia e não foi selecionado para a Seleção. Lamentável. Pedro Ernesto Denardin, em seu programa às 20h, ainda alfinetou: “Olha, houve algumas escolhas esdrúxulas nesta eleição. Acho que o Sr. Chico Noveletto deve algumas explicações“. Apenas para constar, mas este Blogueiro acertou 8 das 12 escolhas da Seleção. Bom aproveitamento hein? Segue abaixo a Seleção do Campeonato Gaúcho 2010:

Goleiro
Victor (Grêmio)

Lateral-direito
Edílson (Grêmio)

Zagueiros
Mário Fernandes (Grêmio)
Rodrigo (Grêmio)

Lateral-esquerdo
Paulinho (Novo Hamburgo)

Volantes
Adílson (Grêmio)
Itaqui (Caxias)

Meias
Guilherme (São José)
Douglas (Grêmio)

Atacantes
Jonas (Grêmio)
Borges (Grêmio)

Dirigente
Carlos Duarte (Novo Hamburgo)

Craque
Marcelo Costa (Caxias)

Revelação
Maylson (Grêmio)

Goleador
Jéferson

Árbitro
Leandro Vuaden

Assistente
Tatiana Freitas

Tchüss, fussbalteigers!!

Silas Filosofa no Intervalo do Gre-Nal 381

maio 4, 2010
Paulo Silas foi ao vestiário preocupado no intervalo, mas voltou para ser campeão no segundo tempo. FONTE: ClicRBS

Paulo Silas foi ao vestiário preocupado no intervalo, mas voltou para ser campeão no segundo tempo. FONTE: ClicRBS

Deus só fica ao lado de quem tem coragem [02.05.2010]”.

Tchüss!!

Grêmio Sagra-se Campeão Gaúcho de 2010

maio 3, 2010
Capitão Victor levanta a taça de campeão gaúcho; Hugo ergue o caixão vermelho em alusão "à morte colorada". FONTE: ClicRBS

Capitão Victor levanta a taça de campeão gaúcho; Hugo ergue o caixão vermelho em alusão "à morte colorada". FONTE: ClicRBS

Após a “lambada” aplicada pelo Tricolor da Azenha no Time da Beira do Lago Guaíba domingo passado (2 a 0  ao natural, podendo ter levado mais), era chegada a hora do segundo e derradeiro Clássico Gre-Nal. O Gre-Nal 381. Mesmo perdendo por 1 a 0 no Estádio Olímpico Monumental, o Imortal Tricolor tornou-se campeão gaúcho do ano de 2010. Quase 45 mil presenças na grande final do Campeonato Gaúcho. Eu, como bom gremista que sou, estive lá. Quase não consigo ingresso. Muitos amigos ficaram de fora desta final. Mesmo sozinho, não me intimidei e fui de cadeira lateral. Estádio lotado. Muita vibração. O Grêmio não jogou uma partida brilhante. O Internacional de Porto Alegre foi mais efetivo e marcou o seu gol (por intermédio de Giuliano) no único chute que deu a gol durante todo o jogo, logo no início do primeiro tempo. No segundo tempo, o Grêmio foi melhor. Silas sacudiu o time no vestiário. O time acertou, pressionou, Borges perdeu gols, Abbondanzzieri foi o melhor em campo. Os vermelhos não chutaram a gol no segundo tempo. O torneio consagrou a equipe mais qualificada, a de melhor campanha, a mais regular durante o torneio regional: o Grêmio. Foi o título gaúcho de número 36 do Grêmio. Ao Internacional de Porto Alegre restou “a vitória de Pirro”. E agora que venha o Fluminense-RS na quarta-feira pela Copa do Brasil…

Grêmio Campeão Gaúcho 2010: Ozeia, Marcelo Grohe, Fernandão (segurança fashion), Willian Magrão, Neuton, Douglas, Rafael Marques, Rodrigo, Fábio Rochemback e Victor (DE PÉ); Adílson, Edílson, Jonas, Hugo, Maylson, Borges, Mithyuê, Joilson e Leandro (AGACHADOS). FONTE: ClicRBS

Grêmio Campeão Gaúcho 2010: Ozeia, Marcelo Grohe, Fernandão (segurança fashion), Willian Magrão, Neuton, Douglas, Rafael Marques, Rodrigo, Fábio Rochemback e Victor (DE PÉ); Adílson, Edílson, Jonas, Hugo, Maylson, Borges, Mithyuê, Joilson e Leandro (AGACHADOS). FONTE: ClicRBS

Apenas para não deixar passar, até porque amanhã será celebrado o prêmio dos melhores do torneio, mas aí vai a minha Seleção do Campeonato Gaúcho 2010:

GOLEIRO: Victor (GRÊMIO)

LATERAL-DIREITO: Maurinho (PELOTAS)

ZAGUEIRO PELA ESQUERDA: Rodrigo (GRÊMIO)

ZAGUEIRO PELA DIREITA: Mário Fernandes (GRÊMIO)

LATERAL-ESQUERDO: Paulinho (NOVO HAMBURGO)

VOLANTE: Gavião (PELOTAS)

SEGUNDO VOLANTE: Sandro (INTERNACIONAL DE PORTO ALEGRE)

MEIA PELA DIREITA: Maylson (GRÊMIO)

MEIA PELA ESQUERDA: Douglas (GRÊMIO)

ATACANTE: Jonas (GRÊMIO)

CENTROAVANTE: Borges (GRÊMIO)

TÉCNICO: Gilmar Iser (NOVO HAMBURGO)

Tchüss, fusballteigers!!


%d blogueiros gostam disto: