NA CARA DO GOL

by

O BOM FILHO A CASA TORNA

Queridos amigos, depois de um recesso prolongado, mas muito necessário, retoranam as colunas deste que vos-fala. A preparação para um concurso seja ele qual for exige muita disciplina e foco, motivo pelo qual não escrevi mais neste blog. A prova já foi realizada e o gabarito já saiu e meu desempenho foi como tem sido o meu futebol – algo como “claudicante”- frustrante para alguém que abdicou de muita coisa nestes 120 dias na esperança de tornar-se mais um funcionário público e mamar na dadivosa teta da República Federativa do Brasil. 

Futebol é como a vida e ela segue em frente, tendo sido vitoriso ou derrotado. Nas derrotas avaliam-se os erros e aprimoram-se futuras estratégias para que elas não ocorram novamente. Não quero transmitir a idéia de que perder é bom, mas é no infortúnio que a auto-avaliação é mais intensa. Poderámos traçar um paralelo com uma situação corriqueira:   Um solteiro na balada se ele sai com os amigos, bate um papo, toma uma cerveja e arranja uma gata, a noite foi perfeita. Pode vir passar um trator em cima do sujeito que ele vai morrer feliz com o sorriso do Coringa nos lábios. Ele não vai se perguntar se estava bem arrumado, se o perfume era bom, se tinha uma casca de feijão no dente, se a menina era feia. Ele ” fez o gol” e correu pro abraço. Atingiu o objetivo então tudo está bem.

Agora se o sujeito é mais “competitivo” e passou a noite inteira conversando, imprimindo a arte da sedução e só recebendo evasivas ou beijos na bochecha  (o beijo na bochecha recebido de uma mulher que você investiu e não levou é algo muito desconfortável, é como chutar o pé da cama com o dedo mindinho logo quando acordamos, é a pá de cal em cima do caixão) vai ficar imaginando o que foi feito de errado naquela noite, e tentar melhorar a performance para que o infortúnio não se repita. E se os amigos ainda pegam no pé a autocrítica é mais forte ainda.

O Grêmio teve quebrada a dias atrás uma impressionante sequencia de 15 vitórias consecutivas. Foi um mérito do treinador Silas e do grupo de jogadores. Foi realmente um grande feito, mas a verdade inconteste é que  as vitórias foram obtidas contra times de pouca expressão, dando a falsa impressão que tudo estava bem. Nos ultimos jogos as derrotas contra Pelotas e Avaí escancaram algumas das defíciências da equipe tricolor: A dependência de Douglas para criar jogadas no meio, a fragilidade defensiva dos laterais, o dilema de ter Ferdinando no meio e perder criação ou de escalar Adilson e perder marcação, o péssimo momento de Hugo e Leandro e o caos nas bolas altas na área defensiva.

Que essas derrotas sirvam para que novas lições sejam extraídas e os problemas resolvidos. Que a comissão técnica e o treinador achem novas soluções para estes problemas e que elas fundamentalmente não passem por saturar de volantes o meio campo. O Santos está aí mostrando para todos que a melhor defesa é o ataque. Não se trata de comparar times e sim de atitude em campo. E na noite também é assim: quem não arrisca não petisca. Quem fica escorado na parede vendo os outros passarem chupa o dedo. 

“Feliz é aquele que transfere o que sabe e aprende ao que ensina.” (Cora Coralina)

Abraços a todos!!!

Anúncios

3 Respostas to “NA CARA DO GOL”

  1. thiago costa cardoso Says:

    É como diz aquela musica do Rappa:
    Eu quero ver gol…!/Eu quero ver gol…!/Não precisa ser de placa/Eu quero ver gol…!

  2. mzerbes Says:

    Mas ahhhhhhhhhhh…QUE VOLTA TRIUNFAL DO GRANDE JUNIQUE!!!!

    E DALE, E DALE, E DALE, GRÊMIO, DALE!!!

    Abraço!!

    OBS> Manguaça virou leitor assíduo…aeeeeeeeeeeeeee!

  3. Junigol Says:

    É para mim uma enorme satisfação ter o meu grande amigo Manguaça prestigiando este blog!!! Bem-vindo!!! Que venhas para ficar… aqui é que nem coração de mãe: sempre cabe mais um.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: