NA CARA DO GOL

by

AS GAÚCHAS… PARA OS GAÚCHOS

Primeiramente, gostaria de desculpar-me com meus companheiros de blog e leitores pela ausência desta coluna nas últimas semanas. Deveres, profissionais, reuniões de condomínio e até o temporal com falta de luz que ocorreu em Porto Alegre foram eventos que minaram o meu tempo, juntamente com uma boa dose de desorganização de este que vos fala. Após uma auto-análise profunda asseguro que os problemas foram resolvidos e este hiato não tornará a se repetir.

Em segundo lugar, já digo  que NÃO FALAREI DO GRENAL 378 nesta coluna. É necessário equilíbrio e discernimento para tecer comentários pertinentes sobre o tema, e neste momento (domingo dia 25 as 20:45) meu ser é tomado por uma fúria monumental contra alguns jogadores e membros da comissão técnica tricolor que cometem e falam sandices, relegando a nós torcedores um sentimento de desamparo, pois não temos mais aonde recorrer. Zerbes e Pizoni com certeza falarão sobre o tema muito melhor do que eu.

Hoje falo por todos os gaúchos, homens, adoradores ou não de futebol. Nos últimos anos está se intensificando um fenômeno nefasto no nosso rincão. Nosso estado é reconhecidamente caloroso e hospitaleiro com os visitantes, e talvez por isso nós nativos estamos sendo vitimizados por isso.  “Estrangeiros” entram no nosso estado seja por trabalho ou diversão, e quando voltam para seus locais de origem levam embora o nosso maior patrimônio, nossa commodity mundial de exportação: as nossas mulheres.

Virou rotina… principalmente no meio futebolístico, onde as ascenções são meteóricas e a mídia é constante. Os jogadores vem para cá ganhar a vida. Se destacam, aparecem direto na televisão, são paparicados pela torcida e imprensa e de lambuja levam uma mulher a tiracolo quando vão embora. Ou pior… trocam a antiga que veio com eles por uma nova, modelo 2.0 turbinada que é claro daqui. E a maioria delas são, digamos, excessivamente bonitas.  Já a maioria dos jogadores não pegaria nem vento se fossem trabalhadores comuns. Para mim especialmente, um trabalhador honesto, pagador de impostos e nascido aqui é uma competiçao desleal. Não tenho a grana nem a visibilidade deles, e tenho que engolir isso todos os dias. Não importa se é do Grêmio, Inter, Caxias ou Juventude. O fenômeno é repetido constantemente.

Mas agora passou dos limites do aceitável. Em Porto Alegre, temos que conviver com isso, tudo bem. É uma cidade cosmopolita, uma das metropoles do cone sul. Atrai gente de todos os locais e fica difícil de impedir. Agora me aparece o Adriano, vulgo “Imperador”, rei das personal treiners e de todas as mulheres fruta,  na televisão e apresenta a sua nova namorada: gaúcha, de Cachoeirinha. Aí não dá… como diria Don Corleone em o Poderoso Chefão:- “O cara vem na minha casa, pisa no meu chão, come dá minha minha comida e nem um “Oi padrinho…” . Ele vem e invade o meu quadrado, faz o que bem entende e sai fora. O que ele tem que fazer aqui? Passa o carro geral no Rio de Janeiro e não chega pra ele? Para mim que trabalho, passo a maior parte do meu tempo semanal em Cachoeirinha e admiro as belezas locais foi uma “agressão gratuíta”.

Mas eu tenho uma solução. A governadora Yeda poderia promulgar uma lei estadual cobrando um imposto sobre os homens não gaúchos que tem vínculos afetivos com mulheres daqui.  Seria uma preservação da matéria prima regional frente aos estrangeiros e inibiria certamente as investidas deles, tornando-se uma espécie de “reserva de mercado” para nós. Garanto que governo estadual apoiaria integralmente a idéia pois aumentaria fortemente a arrecadação, diminuindo os problemas de caixa. Não desmereço de foram alguma a capacidade dos homens gaúchos, que são também reconhecidos em todo Brasil, mas é notória mundialmente a beleza das nossas mulheres (só pra constar 2 das “Angels” da Victória´s Secret – Gisele Bündchen e Alessandra Ambrósio são daqui.) e fica difícil defender o nosso quinhão frente as hordas de estrangeiros que nos invadem em busca delas.

Preservar o que é nosso é dever de todo cidadão. E valorizar o que é bom mais ainda.  Como já dizia a célebre música (não sei de quem é mas o meu amigo Bartt certamente saberá…) que exalta as melhores coisas daqui: ” Churrasco e bom chimarrão/ Fandango trago e mulher / É disso que o velho gosta / É disso que o velho quer.”

” Ninguém pode fazê-lo sentir-se inferior sem o seu consentimento.” ( Eleanor Roosvelt )

Abraços a todos!!!

6 Respostas to “NA CARA DO GOL”

  1. mzerbes Says:

    “Trocam a antiga que veio com eles por uma nova, modelo 2.0 turbinada que é claro daqui.” (FENOMENAAAAAAAAAAAAAAAL, JUNIQUE!!!)

    O pior de tudo foi saber que a mulher era JUSTAMENTE DE CACHOEIRINHA!!! hehehehehhehe… tantos anos prestando serviço nesta respeitável comarca…

    Eu ainda não consegui parar de rir…hahahahhaa…estupenda coluna, mermão! Não sei como consegues manter este bom humor depois de domingo…preciso me espelhar no amigo!

    Abraço!

  2. Gustavo Says:

    Junique, a letra dessa música, acredite, é de uma mulher!! e gaúcha, de Porto Alegre! Berenice Azambuja. E fez inspirada no pai. Mas não se enquadra no padrão que tu animaste a mente para elaborar essa coluna, hehehe…

    por falar em padrão. Tchê, que loucura, hein? Olha, esse novo imposto eu concordo. Aliás, se eu fosse do governo, em vez de criar um imposto dessa natureza, eu TOMBARIA cada uma essas obras primas chamadas de mulheres gaúchas.

  3. RodriNIGHT Says:

    Quem me dera ter a perspicácia do meu irmão para escrever colunas “online” desta forma… parabéns garoto pela sagacidade…

    Essa última do “imperador” foi um tapa com luva de pelica. E não se esqueça que ele já tinha “traçado” a Dani Bolina, que por óbvio é gaúcha…

    E mais… rezam as más línguas que uma certa integrante do time feminino da imortal 159 faria misérias com o “imperador”. A informação restará em sigilo pela publicidade do espaço, e tenho dito! hehehe

    • mzerbes Says:

      PUTZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ…

      SE NÃO FOSSE TÃO TARDE DANOITE EU IRIA TE LIGAR AGORA, RODRINIGHT ULTRA GIGA REPUGNANTEMENTE NOJENTO!!!

      QUERO SABEEEEEEEEEEEEEER!!!

      ME CONTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

      hahahahhaha… Rodriguinho NElson Rubens…adorei!

      • RodriNIGHT Says:

        Eu sabia que ele iria pinotear! huahuhahahuah

        Pior que o boato é verdadeiro, inclusive eu presenciei em mais de uma oportunidade comentários “para lá de picantes” sobre o dito cujo goleador. Citando o ilústre Renato Gaúcho, “até o Cristo Redentor taparia os olhos”…

        Abraços!!

  4. junigol Says:

    O pior de tudo meus amigos, é que eu já tive o prazer de ver a srta. Cassia Menega flanar na rua (porque mulher gata não anda, ela flana) e ela realmente é tudo aquilo que falam. Chego a conclusão de que tenho que conhecer a PIZZARIAAAA…
    Pô Bartt a BERENICE AZAMBUJA não dá… não quero nem de lambuja (trocadilho infame, mas com muito respeito).
    O casamento do Réver foi a pá de cal… vão no clicrbs ver a mulher dele e a do Victor… Se os dois fossem cobradores de ônibus (com todo respeito novamente) elas nem olhariam pra eles.
    Rodriguinho mesmo em Taquara não perde o instinto de Nelson Rubens hehehe.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: