A Vingança Massacrante do Imortal Tricolor Sobre a Raposa

by
Capitão Tcheco: contra tudo e contra todos, o melhor jogador gremista em campo pelo segundo jogo consecutivo por unanimidade nas rádios gaúchas. FONTE: ClicRBS

Capitão Tcheco: contra tudo e contra todos, o melhor jogador gremista em campo pelo segundo jogo consecutivo por unanimidade nas rádios gaúchas. FONTE: ClicRBS

O Imortal Tricolor segue invicto jogando no Estádio Olímpico Monumental. “O Grêmio no Olímpico é demaaaaaaaaaaaaaaaaaais” (cfme. DENARDIN, Pedro Ernesto). Nesta domingueira, a equipe recebeu o Cruzeiro-MG pela 16º rodada do Brasileirão, goleou mais uma vez de maneira maquiavélica o adversário, e venceu de virada por 4 a 1 alcançando 85,5% de aproveitamento nos jogos em casa (o melhor aproveitamento entre todos os 20 clubes do torneio). O resultado coloca o Grêmio na sexta posição na tabela, com 24 pontos. O Cruzeiro é 15º, com 17. Com a vitória, o Tricolor subiu 4 posições.

"Tcheco é rede!!" FONTE: CLicRBS

"Tcheco é rede!!" FONTE: CLicRBS

Aos 17 minutos o lateral-esquerdo Jonathan foi expulso. Ele levou amarelo nos minutos iniciais por derrubar Souza em lance de ataque, e o segundo veio após falta dura em Tcheco. Com um a mais em campo, o técnico Paulo Autuori resolveu deixar o Grêmio mais ofensivo. Chamou Douglas Costa para conversar e aquecer, o que animou a torcida nas arquibancadas. Depois de algumas investidas ao ataque, o Grêmio teve uma boa chance de abrir o placar, aos 23 minutos. Tcheco fez grande jogada pela direita, dominando o marcador, para em seguida lançar para Túlio. O volante cruzou para a área, a bola bateu na cabeça de Maxi “La Barbie” López e caiu nos pés de Jonas. O atacante teve tempo de ajeitar e chutar, mas a bola passou por cima do travessão. Aos 26 minutos, Jonas perdeu outra oportunidade. Adilson lançou Jonas pelo meio, o atacante penetrou na área driblando os marcadores, mas, antes de finalizar, o goleiro Fábio chegou na bola para evitar o gol. Dois minutos depois, Autuori colocou Douglas Costa em campo. Para isso, tirou Thiego do time. No primeiro lance do garoto, ele recebeu na esquerda e subiu em velocidade ao ataque. Na entrada da área lançou La Barbie na frente do gol, mas o atacante estava bem marcado e a bola ficou com Fábio. Só o Grêmio chegava ao ataque, mas as finalizações não eram bem aproveitadas, ou então esbarravam nas boas defesas de Fábio. Três lances em sequência fizeram o torcedor quase gritar gol a partir dos 36 minutos. Túlio bateu em cima da marcação, em chute cruzado na entrada da pequena área. Em seguida, Jonas cabeceou na trave. Na outra jogada, a bola sobrou para Fábio Santos, que chutou da entrada da área para o goleiro cruzeirense defender de novo. E quem não faz, leva. Tcheco, que fez bela partida, cometeu pênalti em Wellington Paulista aos 39. O próprio atacante bateu e converteu. Na comemoração, ele colocou as mãos nas orelhas, pedindo para ouvir a torcida. Foi assim que ele comemorou os gols que fez no jogo em que o Grêmio foi eliminado nas semifinais da Libertadores, no Olímpico, em julho. Com um a menos, o Cruzeiro-MG conseguiu sair na frente no momento em que os donos da casa eram muito superiores.

La Barbie marcou novamente e já computa 6 gols pelo Imortal Tricolor no Brasileirão 2009. FONTE: ClicRBS

La Barbie marcou novamente e já computa 6 gols pelo Imortal Tricolor no Brasileirão 2009. FONTE: ClicRBS

Como no primeiro tempo, o Cruzeiro-MG teve outro jogador expulso. E foi logo aos cinco minutos da etapa complementar. Thiago Ribeiro acertou uma cotovelada em Tcheco e levou o vermelho. O Grêmio passava a encarar nove jogadores. Assim, a virada viria com o tempo.Aos nove minutos, Souza recebeu lançamento de Túlio na área. Sozinho, ele chutou para mais uma defesa de Fábio. E o Grêmio continuava arriscando. Até que, finalmente, o gol saiu. Tcheco cobrou escanteio e Réver subiu mais que todo mundo na área para completar de cabeça: 1 a 1, aos 13 do segundo tempo. O segundo gol gremista saiu dos pés do capitão Tcheco. Aos 19 minutos, ele recebeu passe de Jonas na grande área e chutou para fazer o dele: 2 a 1. A pressão continuou sendo toda gremista. O Cruzeiro-MG não conseguia mais jogar. La Barbie perdeu a chance de ampliar a vantagem tricolor aos 26 minutos. O argentino ganhou uma disputa de bola pela esquerda, driblou os marcadores, penetrou na área e chutou cruzado. Mas Fábio pegou. Aos 29, o atacante tentou novamente, e o goleiro cruzeirense conseguiu tirar com uma das mãos para escanteio. O terceiro gol do Grêmio saiu aos 31 minutos. Jadílson, que entrou no lugar de Fábio Santos no decorrer da partida, cruzou para Jonas completar de cabeça: 3 a 1. O curioso ficou por conta da comemoração do atacante: ele imitou Wellington Paulista, levando as mãos às orelhas, pedindo para ouvir a torcida. Nos poucos momentos de posse de bola, o Cruzeiro-MG tentou criar algum perigo. Em uma escapada de Gérson Magrão, aos 41, o lateral conseguiu passar pelos marcadores gremistas e chegar ao ataque para finalizar. Mas o goleiro Victor caiu para fazer a defesa. O Grêmio ainda fez o quarto gol, aos 43 minutos. Maxi López foi o autor do belo gol. Ele recebeu na entrada da área, arrancou em velocidade com a bola dominada e chutou com força para decretar o placar final: Grêmio 4×1 Cruzeiro.

GRÊMIO (4) CRUZEIRO (1)
Victor, Thiego (Douglas Costa), Réver, Léo e Fábio Santos (Jadílson); Túlio (Joilson), Adilson, Tcheco e Souza; Jonas e Maxi López. Fábio, Jonathan, Leonardo Silva, Thiago Heleno e Gerson Magrão; Fabrício, Henrique, Fabinho (Soares) e Marquinhos Paraná (Bernardo); Wellington Paulista (Elicarlos) e Thiago Ribeiro.
Técnico: Paulo Autuori. Técnico: Adilson Batista.

Brasileirão – 16º rodada – 02/08/2009
Data: 02/08/2009.
Local: Estádio Olímpico Monumental, em Porto Alegre (RS).
Gols: Wellington Paulista, aos 40min do 1º tempo (Cruzeiro); Réver, aos 13, Tcheco, aos 19, Jonas, aos 30, e Maxi López, aos 43min do 2º tempo (Grêmio).
Cartões amarelos: Maxi López (Grêmio); Jonathan, Fabrício e Thiago Heleno (Cruzeiro).
Cartões vermelhos: Jonathan e Thiago Ribeiro (Cruzeiro).
Árbitro: Evandro Rogerio Roman.
Auxiliares: Marcos Rogerio da Silva e Roberto Braatz.

Tchüss!!

Anúncios

4 Respostas to “A Vingança Massacrante do Imortal Tricolor Sobre a Raposa”

  1. Gustavo Says:

    como eu pedi esse resultado contra o cruzeiro há alguns dias atrás…

  2. RodriNIGHT Says:

    TCHECO É REDEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

  3. junigol Says:

    Eu nunca deixei de acreditar no Douglinhas… ele vai dar o toque de qualidade que falta na peça ofensiva tricolor.
    Wellington Paulista foi o “cagão” da rodada. Provocou a torcida e depois não aguentou o tranco. Simplesmente sumiu do jogo.

  4. Gustavo Says:

    há alguns dias eu falava que Máxi faria 20 gols no Brasileirão. Faltam 22 rodadas e ele já fez 6. Precisa melhorar, mas fazendo pouco mais de 1 gol a cada 2 jogos ele chega a essa marca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: