Archive for agosto \31\UTC 2009

sobre a rodada [37]

agosto 31, 2009

Campeonato Brasileiro

Náutico 3×0 Atlético-PR – Atropelamento nos Aflitos. Com diretio a golaço de Carlinhos Bala.

Coritiba 2×0 Avaí – Depois de onze partidas o Avaí perdeu. Marcelinho Paraíba está demaaaaaaais. E o Grêmio não quis ele, hein?

Flamengo 3×0 Santo André – O Mengo venceu facilmente o time do ABC paulista. Maldonado e Álvaro fizeram seu primeiro jogo com a camisa rubro negra.

Atlético-MG 1×1 Sport – O Galo parou?

São Paulo 0x0 Palmeiras – Rogério Ceni e Marcos deixaram o placar no zero. Porém, o placar foi justo.

Santos 2×0 Fluminense – O Flu já caiu?

Vitória 3×3 Cruzeiro – A raposa abriu 3×1. O Vitória, sabe-se lá como, buscou o empate.

Botafogo 3×3 Grêmio – Autuori colocou o Grêmio na retranca. Deu no que deu.

Internacional 4×0 Goiás – Fernandão provou que é colorado e foi expulso num lance ridículo. Marquinhos é a nova revelação para o ataque colorado.

Pos Time P J V E D GP GC SG
1 Palmeiras 41 22 11 8 3 33 19 14
2 Goiás 38 22 11 5 6 39 33 6
3 Internacional 37 21 11 4 6 40 27 13
4 São Paulo 37 22 10 7 5 29 22 7
5 Atlético-MG 34 21 9 7 5 36 29 7
6 Avaí 34 22 9 7 6 33 26 7
7 Corinthians 33 22 9 6 7 30 29 1
8 Barueri 33 22 8 9 5 42 31 11
9 Grêmio 32 22 9 5 8 40 27 13
10 Santos 32 22 8 8 6 38 36 2
11 Flamengo 30 22 8 6 8 32 36 -4
12 Vitória 29 22 8 5 9 32 35 -3
13 Cruzeiro 29 22 8 5 9 28 34 -6
14 Atlético-PR 27 22 8 3 11 23 34 -11
15 Coritiba 25 22 7 4 11 29 33 -4
16 Santo André 24 22 6 6 10 24 33 -9
17 Náutico 24 22 6 6 10 29 41 -12
18 Botafogo 23 22 4 11 7 33 39 -6
19 Sport 17 22 4 5 13 28 40 -12
20 Fluminense 16 22 3 7 12 21 35 -14
Anúncios

NA CARA DO GOL

agosto 31, 2009

” EU QUERO O CARBONE”

A década de 60 foi pintada de azul,preto e branco no Rio Grande do Sul.  De 1962 até o ano de 1968 o Grêmio conseguiu a façanha de tornar-se heptacampeão. Possuia um time melhor e um estádio maior, o que tornava a vida dos torcedores e dirigentes colorados um suplício. Mas com a construção do Gigante da Beira-Rio e o surgimento de uma geração de jovens e habilidosos jogadores ( Claudiomiro, Bráulio e Dorinho)  a diretora colorada resolveu pensar grande e montar um time capaz de quebrar a hegemonia tricolor.

O presidente da época, Carlos Stechmann e a comissão técnica concluiram que ainda faltava um centromédio para completar a equipe. Foi então que o presidente chamou o treinador Daltro Menezes para uma conversa:

– Trocamos uma casinha por uma mansão e queremos um time digno dela. Pode pedir o centromédio que tu quiser. Qualquer um em qualquer parte do Brasil. Dinheiro não é problema.

Stechmann colocou um acento de satisfação na última frase. Pronunciou-a sorridentemente. Os demais diretores também estavam sorridentes. Todos preparados para ver o espanto e a admiração iluminarem o rosto agradecido do treinador. O pedido de Daltro, porém, fez os sorrisos dos dirigentes se desmancharem como de uma boneca de plástico atirada ao fogo:

– Eu quero o Carbone.

Um breve silêncio. Os dirigentes se entreolharam apalermados. Stechmann falou:

– Carbone? Quem é o Carbone?

– É um cara que era o quarto reserva no São Paulo. Está emprestado ao Metropol de Criciuma.

Os dirigentes continuavam se olhando, mudos. Mais uma vez foi Stechmann quem falou. Aliás, balbuciou:

– Nós estavamos pensando no Wilson Piazza do Cruzeiro de Minas…

– O Carbone é melhor. – Daltro parecia decidido.

Os dirigentes ficaram ainda mais confusos. Piazza era uma das estrelas do Cruzeiro. Junto com Zé Carlos, Dirceu Lopes e Tostão formava um meio de campo de futebol refinado e acadêmico. ( Piazza seria campeão da copa do mundo de 70 pela seleção brasileira junto com Tostão)

-Vamos fazer o seguinte: – Te damos os dois, o Carbone e o Piazza – contra-argumentou Stechmann.

– Aí eu não vou ter tranquilidade para botar o Carbone no time. Olha, eu não gosto da forma como o Piazza se movimenta ali no meio. Prefiro o Carbone.

Carbone acabou sendo contratado. No final do ano de 1969 foi considerado o melhor jogador do campeonato Gaúcho, o qual foi vencido pelo Inter. Daltro Menezes justificou a fama de descobridor e formador de jogadores.

Moral da história: Eu espero que o Renato Cajá seja o Carbone do Grêmio.

Trecho extraído do livro ” A História dos Grenais”, dos autores Nico Noronha e David Coimbra.

” Existem três frases curtas que levarão sua vida adiante: ‘ Não diga que fui eu’, ‘Oh, boa idéia ,chefe’ e ‘Já estava assim quando cheguei’ (Homer Simpson)

Abraços a todos.

sobre a rodada [36]

agosto 28, 2009

Campeonato Brasileiro

Barueri 2×2 Corinthians – Uma vitória colocaria o Timão na briga pelo título. Será que ainda da tempo?

Santos 3×3 Internacional – O Inter fez o mais difícil que era virar o 0x2. Porém, faltou segurar Kléber Pereira. Alecsandro estava demaaaaaaaaais.

Botafogo 1×1 Cruzeiro – Fogão continua da ZR. A Raposa perdeu a chance de encostar no topo da tabela.

Pos Time P J V E D GP GC SG
1 Palmeiras 40 21 11 7 3 33 19 14
2 Goiás 38 21 11 5 5 39 29 10
3 São Paulo 36 21 10 6 5 29 22 7
4 Internacional 34 20 10 4 6 36 27 9
5 Avaí 34 21 9 7 5 33 24 9
6 Atlético-MG 33 20 9 6 5 35 28 7
7 Corinthians 33 22 9 6 7 30 29 1
8 Barueri 33 22 8 9 5 42 31 11
9 Grêmio 31 21 9 4 8 37 24 13
10 Santos 29 21 7 8 6 36 36 0
11 Vitória 28 21 8 4 9 29 32 -3
12 Cruzeiro 28 21 8 4 9 25 31 -6
13 Atlético-PR 27 21 8 3 10 23 31 -8
14 Flamengo 27 21 7 6 8 29 36 -7
15 Santo André 24 21 6 6 9 24 30 -6
16 Coritiba 22 21 6 4 11 27 33 -6
17 Botafogo 22 21 4 10 7 30 36 -6
18 Náutico 21 21 5 6 10 26 41 -15
19 Sport 16 21 4 4 13 27 39 -12
20 Fluminense 16 21 3 7 11 21 33 -12

Janela de Agosto Segue Sacudindo os Bastidores Tricolores

agosto 28, 2009
Rochemback comemorando gol com Moutinho em jogo da Liga dos Campeões. FONTE: Site Oficial do Sporting Lisboa/POR

Rochemback comemorando gol com Moutinho em jogo da Liga dos Campeões. FONTE: Site Oficial do Sporting Lisboa/POR

1. Eu retornava de uma reunião com um cliente novo, quando sintonizei a estação de rádio no programa de Luiz Henrique Benfica. Pedro Ernesto Denardin revelou naquele instante que Fábio Rochemback, ex-Barcelona/ESP e Middlesbrough/ING, estava praticamente fechado com o Tricolor Gaúcho. Rochemback está muito perto de se tornar jogador do Grêmio. A direção do Imortal Tricolor mantém cautela sobre o assunto, mas a negociação está muito bem encaminhada. Quem confirma é o próprio pai do jogador, Juarez Rochemback. Segundo ele, o volante tem, hoje, 90% de chance. Mesmo assim, o pai do jogador ainda não dá a contratação como certa. Justamente pelo falto de o clube português poder complicar a saída de Rochemback. Mas ele está otimista. Rochemback, que está com 27 anos, vem manifestando vontade de voltar a jogar no Brasil há um certo tempo. A sua saída pode ser facilitada, haja vista que o Sporting Lisboa/POR foi sumariamente eliminado da Copa dos Campeões, mais precisamente na fase preliminar do torneio. O atleta pode ser pré-inscrito na CBF pelo Tricolor.

2. Quanto a Leandro, este atacante será pré-inscrito pelo Grêmio no Campeonato Brasileiro nas próximas horas, tendo em vista que o desembarque do atleta está previsto apenas para sábado. Como se sabe, a janela de transferências se encerra nesta sexta-feira. O Imortal Tricolor aceitou assumir a dívida de R$ 300 mil que Leandro contraiu junto ao seu atual clube (Verdy Tokyo/JAP). Conforme o Grêmio for pagando o salário do jogador, irá descontando os R$ 300 mil.

Isael é o mais novo reforço do Leão para fugir do rebaixamento. FONTE: Site Oficial do Sport Recife-PE

Isael é o mais novo reforço do Leão para fugir do rebaixamento. FONTE: Site Oficial do Sport Recife-PE

3. Lembram de Isael? O meia habilidoso das categorias de base do Grêmio que encantou o treinador Paulo Autuori? Pois é. Ele foi emprestado e  apresentado como novo reforço do Sport Recife-PE na tarde desta quinta-feira, na Ilha do Retiro. O jogador, de 21 anos,  ficará no clube por empréstimo até o final do Campeonato Pernambucano de 2010. Após os exames médicos, o jogador foi elogiado pelo fisiologista Inaldo Freire. Isael  tem 1,71m e 71kg, e foi emprestado para ganhar experiência, assim como o Grêmio já fizera com Tinga, Scheidt, entre outros. Como Mithyuê está em fase final de recuperação física, a tendência era que o menino Isael perdesse espaço.

4. Lúcio treinou muito bem nesta quinta-feira. Seu nome já apareceu publicado no BID. Como havia feito a pré-temporada do Hertha Berlin/ALE, Lúcio não teve maiores dificuldades para demonstrar as suas atribuições técnicas que lhe são peculiares. Há grandes chances de ele já reestrear neste domingo ante o Botafogo-RJ no Estádio do Engenhão. Jonas segue sendo pretendido pelo AEK Athenas/GRE e pode ser vendido pela quantia de EU$ 2 milhões. Com a chegada de Leandro, ele deve perder espaço, em que pese se tratar do artilheiro gremista na temporada (18 gols) e no Brasileirão (8 gols).

5. Ao que tudo indica, o Grêmio está formando um bom grupo e um time competente para a disputa do restante do Campeonato Nacional. É possível sonhar, torcedor gremista! Vencendo o Botafogo-RJ o título estará ao alcance. Faltará um lateral-direito respeitável, porém, se nas outras funções o time estiver bem servido, não acarretará problemas. Uma possível escalação de time titular poderia se delinear da seguinte forma: Victor; Mário Fernandes (Túlio), Rafael Marques, Réver e Lúcio; Túlio (Adílson), Rochemback, Tcheco (Renato Cajá) e Souza; Leandro e Maxi López.

Tchüss!!

Sandro é o Escolhido por Dunga para o Lugar do Cortado Josué

agosto 27, 2009
Sandro foi convocado pela primeira vez em sua carreira. FONTE: ClicRBS

Sandro foi convocado pela primeira vez em sua carreira. FONTE: ClicRBS

O volante colorado Sandro foi convocado nesta quinta-feira pelo técnico da Seleção Brasileira, Dunga, para a vaga de Josué, cortado por lesão. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira no site da Confederação Brasileira de Futebol. Esta é a primeira convocação para a equipe verde-amarela profissional da carreira do jogador, campeão sul-americano pelo time sub-20. Sandro e os demais convocados se apresentam às 21h da próxima segunda, dia 31, no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro. De lá, a equipe parte para a Granja Comary, em Teresópolis. Dunga promove o primeiro treino a partir das 15h de terça. O Brasil enfrenta a Argentina em Rosário no dia 5 de setembro e o Chile em Salvador no dia 9.

Assim, Sandro deve desfalcar o Colorado em outros dois jogos: contra o Atlético-MG, no dia 2 de setembro, e contra o Avaí, no dia 6. Antes, ele já fica de fora do confronto deste domingo com o Goiás por ter sofrido o terceiro cartão amarelo no empate com o Santos, nesta quarta. O volante deve voltar ao Inter no dia 13, diante do Cruzeiro no Beira-Rio. O Internacional sentirá (e muito) a falta do volante, até porque, Guiñazu vem jogando muito pouco ultimamente, e os reservas são de doer (Maicon e Glaydson).

Tchüss!!

sorteado grupos da Champions League

agosto 27, 2009

Grupo A

Bayern de Munique – Juventus – Bordeaux – Maccabi Haifa

Grupo B

Manchester United – CSKA Moscou – Besiktas – Wolfsburg

Grupo C

Milan – Real Madrid – Olympique de Marselha – Zurich

Grupo D

Chelsea – Porto – Atlético de Madri – Apoel

Grupo E

Liverpool – Lyon – Fiorentina – Debreceni

Grupo F

Barcelona – Inter – Dynamo de Kiev – Rubin Kazan

Grupo G

Sevilla – Rangers – Stuttgart – Unirea

Grupo H

Arsenal – AZ Alkmaar – Olympiakos – Standard de Liège

O Garoto-Propaganda da Caixa Econômica Federal

agosto 26, 2009

Outro jogaço de bola. Também muito disputado, como já fora o anterior. O Time Azul chegou liderar o marcador por 4 a 0. Foi então que Junique, após jogada bem tramada entre Zerbes e Pedro Henrique, recebeu a bola do último citado de fronte para a GOLEIRA VAZIA, sem marcação, sem goleiro, Bartt já fazia a comemoração de gols típica de Marcelinho Carioca (jogando os braços pra trás), chutou a bola de chapa CONSCIENTEMENTE pra fora. Mal sabia Junique que aquele gol faria falta ao final da partida. Diogo surtou e passou a gritar e a esbravejar com o seu time (fundamentalmente o Cleitão) durante todo o restante do jogo. Deu resultado. O Time Azul marcava muito mal, rifava a bola e concedia oportunidades de contra-ataque ao Time Laranja. Os laranjas acabaram virando o jogo para 2 a 0. O Time Azul perdeu uma série de gols na sequência. Dois chutes de Pedro Henrique, em oportunidades clarividentes de gol, foram salvos INCRIVELMENTE pelo goleiro do Time Laranja (Ratobol) em cima da risca do gol. Pedro haveria de marcar uma bucha na gaveta direita do goleiro, quando o jogo se delineava para a sua derrocada final. Mas era tarde. Junique ainda foi apelidado “carinhosamente” por seu companheiro de time (Bart) de “garoto-propaganda da Caixa”…hehehe (em alusãoao jogador que chuta propositalmente a bola pra fora quando diante do gol vazio, após jogada perfeita do ataque)

___________________________________

** TIME AZUL:

01-Bartt
02-Junique
03-Dalmás
04-Zerbes(C)
05-Pedro Henrique
———————–

12

x

13
———————–
** TIME LARANJA:

01-Cuervo
02-Ratobol
03-Diogo
04-Renatinho
05-Cleitão(C)
———————————————————-

LOCAL: Centro Poliesportivo da PUCRS (Térreo/quadra 2)
HORA: 21h
DATA: 26 de Agosto de 2009.
_____________________________________

Tchüss!!

Goleiro de futsal

agosto 26, 2009

O Toco Y Me Voy, grupo de futebol cujo nome coincide com o deste blog, tem os mesmos criadores, embora somente há poucos meses houve uma convergência entre quadra e internet. Todavia, há muito tempo jogamos futsal juntos; e tomara que esse grupo persista pelos próximos 30 anos. Mas o que me faz escrever hoje é um tema que acho de suma importância para o desenvolvimento do nosso futsal.

Muito embora me falte perna e habilidade, eu tento ver o jogo. E, em um determinado tema, acredito que eu seja voz única a brandir: o uso estratégico do goleiro. Mas apesar de não contar com o apoio da grande parte dos companheiros de time, eu sempre insisto: precisamos aprender a jogar com o goleiro.

O futsal possui regras que o tornam muito dinâmico. É uma quadra pequena, na qual o jogo fica muito compacto e qualquer movimento errado pode gerar contra-ataque e redundar em gol. É preciso muito toque de bola, sem ansiedade para definir a jogada (a condução atrapalha o posicionamento do time e é quase sempre infrutífera, salvo se é um falcão da vida).

Quando jogam 4 contra 4, a marcação está sempre próxima, o que significa dizer que é a situação muito mais propícia para o movimento errado falado no parágrafo anterior. Por isso, falo tanto do uso do goleiro. É a vantagem numérica de que falo.

É fato que eu defendo, sobretudo, quando EU sou o guarda-metas. Mas é mais do que simples vontade de participar do jogo. É um sistema tático que tento implantar no grupo, principalmente porque somos formados por 10 jogadores de linha, havendo um revezamento no gol.

É uma questão de raciocínio lógico: Se futsal bem jogado depende de bom posicionamento e toque de bola rápido, é evidente que, a vantagem numérica é preponderante.

Mas como fazer para poder jogar com o goleiro? Ora, se a bola estiver em jogo na parte defensiva, o goleiro jamais pode ficar em um dos cantos da quadra. E ele tem 4 segundos para tocar a bola. Qual a consequência disso? Não pode ter um jogador de linha aproximando pelo meio, na frente do goleiro! Isso atrai a marcação e coloca perigosamente o time em risco. Mas isso acontece invariavelmente SEMPRE! Subutilizamos o goleiro na meia-quadra defensiva.

Ora, é preciso abrir as jogadas. Assim, os dois mais da frente devem se movimentar em revezamento, sendo que um extremamente aberto e o outro aparecendo de surpresa na meia cancha ofensiva. Já os dois de trás, NECESSARIAMENTE, devem passar do meio da quadra, ficando UM DE CADA LADO, para poder recuar tantas vezes quantas forem necessárias para o goleiro, até arrumar espaço para avançar. E isso NUNCA acontece.

A jogada de escanteio é a única em que utilizamos o goleiro com razoável frequência, mas ainda carece de aprimoramentos, como por exemplo, o corredor paralelo SEMPRE fica com o goleiro. E os jogadores mais recuados devem se posicionar, um deles ao lado do goleiro, do outro lado da quadra; e o outro, deve ficar pouco à frente do goleiro e SAIR para dentro da área antes da cobrança. Isto tem duas funções: aparecer como opção dentro da área e puxar a marcação. Nessa jogada, o ataque SEMPRE vai estar em vantagem numérica. O goleiro precisa se adiantar um pouco para dar essa opção.

Obviamente, essas considerações são aplicáveis ao nosso futebol amador, porque não temos condições técnicas e físicas (sobretudo) de fazer o sistema de rotação o jogo todo. Muito embora haja constante utilização do goleiro no futsal profissional.

Tudo o que eu falei é o óbvio ululante, mas incrivelmente estas noções tão básicas não são utilizadas corretamente em nosso grupo de terças à noite. Mas eu vou continuar insistindo, mesmo que seja o único a erguer essa bandeira, como um farrapo o faria pelo Rio Grande.

Por fim, hoje, que não teve nada de gaudério na coluna, vou colocar as faltas que o goleiro pode cometer. Espero que isso ajude nos jogos, que estão ficando cada vez melhor.

2. Faltas Pessoais – Pratica falta pessoal um atleta que comete intencionalmente uma das seguintes infrações:
(…)
d. Sendo o goleiro com a bola em jogo:
» Após realizar uma defesa ou receber uma bola, legalmente de um seu companheiro poderá lançá-la diretamente a meta adversária podendo ultrapassar a linha divisória do meio da quadra. Se, o arremesso do goleiro executado com as mãos, a bola tocar ou não no goleiro adversário, o tento não será válido.
» Toca ou controla a bola com suas mãos depois que um seu companheiro a tenha passado deliberadamente com o pé.
» Toca ou controla a bola com suas mãos depois de um arremesso lateral efetuado por um seu companheiro, passando-lhe diretamente.
» Toca ou controla a bola com suas mãos ou com os pés por mais de 4 (quatro) segundos, em qualquer parte da quadra de jogo.
Alteração na Regra: Não é mais considerada falta pessoal se o goleiro, na meia-quadra ofensiva, demorar mais de quatro segundos com a bola nos pés. Isto é, se o goleiro passar a linha demarcatória do meio da quadra, terá a posse de bola por tempo ilimitado. Na meia-quadra defensiva, entretanto, continua o tempo máximo de quatro segundos.
» Após haver tocado a bola ou arremessando-a com as mãos ou movimentando a mesma com os pés volta a recebê-la de um companheiro de equipe sem que a bola tenha antes ultrapassado a linha demarcatória do meio da quadra ou tenha sido jogada ou tocada, por um adversário.

aprendeu com o Dinho?

agosto 25, 2009

Do globoesporte.com:

O zagueiro Sergio Jáuregui, do Blooming e da seleção boliviana acertou uma brutal voadora no atacante uruguaio Leonardo Medina, do Oriente Petrolero, durante o clássico boliviano deste fim de semana

NA CARA DO GOL

agosto 25, 2009

A ARTE DA BOLA PARADA

Como ex-goleiro amador com 10 anos de serviços prestados na função de erradicar os gritos de gol, pessoalmente o momento mais tenso era nos lances de bola parada. Por não ter uma altura elevada (1,78 m) era vitimado por cruzamentos aparados por adversários do tamanho de postes ou por faltas direcionadas mortalmente no ângulo ( ou perto do ângulo, pois ninguém com 1,78m consegue chegar “onde a coruja dorme” numa goleira de futebol)  por cobradores habilidosos.

Específicamente nos cruzamentos a qualidade na saída do gol é importante para neutralizar este tipo de lance. Sair do gol é uma das qualidades mais difíceis de se trabalhar em um goleiro e é comum ver goleiros até de estatura muito elevada falhar em lances dessa natureza. São inúmeras variáveis no mesmo lance e o arqueiro tem míseros 3 ou 4 segundos para decidir o que fazer. E a preocupação aumenta quando o adversário é especialista neste tipo de jogada.

Falo do Grêmio, é claro. Apesar do rosário de limitações apresentadas pelo time, a ” força aérea tricolor” é de um eficácia invejável. Falta nas laterais do campo, a jogada já é manjada pelos adversários: Tcheco levanta na área ( “levantar” é maneira de dizer… ele PÕE a bola com precisão na cabeça de qualquer um dos zagueiros tricolores, os quais são especialistas na bola aérea ofensiva), e mesmo sabendo da jogada o desfecho quase sempre é mesmo. Gol ou defesa difícil do goleiro adversário. Léo e Rafa Marques são bons cabeceadores, mas Réver… é fora do comum. Alia seu 1,92m com uma impulsão acima da média, resultando em “chutes de cabeça” tamanha a velocidade que a bola adquire. Principalmente no Olímpico gols assim tornaram-se rotina.

As faltas frontais com certeza são os maiores algozes dos goleiros. Falta proxima a meia-lua, se o cobrador é habilidoso, só resta ao goleiro rezar. Cresci vendo gols de falta e estudando formas de não levar os gols. Mas a realidade é cruel. Daquela distância, se ela vem com velocidade e ultrapassa a barreira no máximo meio metro acima, goleiro tem que pular pelo menos para dizer que foi na bola, para não ficar fora da foto.

Existem cobradores de todos os estilos. Aqueles que cobram com direção e com força, de longa distãncia, como o Juninho do Botafogo são muito raros. Tem os que batem de uma distância mais proxima do gol, com efeito, fazendo uma parábola em que a bola não pega muita velocidade mas entra no ângulo. Zico era um representante de gala desta espécie.

Mas tem um tipo de cobrança que eu acho lindo de ver: O batedor fica 3 ou 4 passos da bola, e dirige-se a ela com o corpo inclinado e bate nela com a parte interna do pé, próximo ao dedão (mais específicamente entre o primeiro osso metetársico e a falange). A bola sai rápida e descreve uma parábola, não se elevando demais, o suficiente para vencer a barreira e matar o goleiro. Lembra a “folha seca” do saudoso Didi. David Beckham fez vários gols maravilhosos de falta cobrando assim. E para meu deleite na Azenha tem gente que faz isso… e muito bem.

Souza é marrento, muitas vezes fala demais, só que referente as cobranças de falta eu fico quieto. Se a falta é na meia-lua ou um pouco antes, apenas aguardo o obus que sai de seu pé. É certeiro e implacável. Vi ao vivo no Gre-Nal e ontém pela TV contra o Atlético-MG. Bate na bola como quem faz um carinho na namorada. Não deu chance nenhuma de defesa para o goleiro.

Não pude deixar de pensar no goleiro mineiro, no goleiro do Santo André e nos outros que foram vítimas da artilharia tricolor. Eles não devem se sentir culpados. Na azenha, nos dias atuais, a elite da bola parada no Brasil está lá. É ver para crer.

OBS: Devido as centenas de reclamações quanto a frase no final da coluna na semana passada, este espaço democrático humildemente cede a réplica para as mulheres. Aqui vai uma piada, que na minha modesta opinião é verdadeira:

“Como é que os homens fazem exercício na praia?

Encolhendo o estômago e estufando o peito toda vez que passa um biquíni.”

Abraços a todos.

sobre a rodada [35]

agosto 24, 2009

Campeonato Brasileiro

Santo André 1×0 Coritiba – Na briga para escapar da ZR o time do ABC paulista conseguiu três pontos importantes.

Sport 2×0 Vitória – Conseguirá o Sport sair da ZR? É preciso mais.

Palmeiras 2×1 Internacional – Vitória merecida do Vedão no chamado jogo de seis pontos.

Fluminense 0x0 Barueri – E o Fluzão está segurando a lanterna. A situação está complicada.

Atlético-PR 1×0 São Paulo – Se é Baier, é bom. O São Paulo não consegue vencer na Arena.

Corinthians 3×3 Botafogo – Que juiz horroroso, hein?

Grêmio 4×1 Atlético-MG – Em casa o Grêmio canta de Galo. Fora é um gatinho.

Avaí 3×0 Flamengo – Olha o Avaí no G-4. Silas conseguirá se manter nele?

Cruzeiro 4×2 Náutico – Vem aí o Cruzeiro?

Goiás 2×1 Santos – Goiás segue bem. O jogo marcou o retorno de Émerson e Fernandão ao futebol brasileiro.

Pos Time P J V E D GP GC SG
1 Palmeiras 40 21 11 7 3 33 19 14
2 Goiás 38 21 11 5 5 39 29 10
3 São Paulo 36 21 10 6 5 29 22 7
4 Avaí 34 21 9 7 5 33 24 9
5 Inter 33 19 10 3 6 33 24 9
6 Atlético-MG 33 20 9 6 5 35 28 7
7 Corinthians 32 21 9 5 7 28 27 1
8 Barueri 32 21 8 8 5 40 29 11
9 Grêmio 31 21 9 4 8 37 24 13
10 Vitória 28 21 8 4 9 29 32 -3
11 Santos 28 20 7 7 6 33 33 0
12 Cruzeiro 27 20 8 3 9 24 30 -6
13 Atlético-PR 27 21 8 3 10 23 31 -8
14 Flamengo 27 21 7 6 8 29 36 -7
15 Santo André 24 21 6 6 9 24 30 -6
16 Coritiba 22 21 6 4 11 27 33 -6
17 Náutico 21 21 5 6 10 26 41 -15
18 Botafogo 21 20 4 9 7 29 35 -6
19 Sport 16 21 4 4 13 27 39 -12
20 Fluminense 16 21 3 7 11 21 33 -12

sobre a rodada [34]

agosto 21, 2009

Campeonato Brasileiro

Vitória 2×1 Atlético-PR – O time baiano tenta se reabilitar.

Botafogo 1×2 Santo André – E o Fogão só parecia que ia embalar. O Santo André saiu da ZR.

Santos 1×0 Grêmio – O Grêmio segue sua rotina.

Barueri 2×1 Sport – Sport segue em passos largos rumo a segunda divisão.

Coritiba 1×0 Palmeiras – Quem fez o gol do Coritiba? Ele mesmo. E não interessa que foi de pênalti. Vale lembrar que o rapaz em pauta estava se oferecendo para o Tricolor gaúcho tempos atrás.

Internacional 1×2 Corinthians – Dois gols irregulares deram a vitória ao Timão.

São Paulo 1×0 Fluminense – Há um ponto do líder, São Paulo surge como favorito ao título. O Fluzão está muito a perigo.

Náutico 2×0 Goiás – Grande vitória do Timbu. Porém, o time segue na ZR.

Flamengo 1×2 Cruzeiro – O Mengo não consegue embalar. O Zero conseguirá?

Atlético-MG 2×2 Avaí –  O Avaí está demaaaaaaaaaaaaaaaaaais.

Pos Time P J V E D GP GC SG
1 Palmeiras 37 20 10 7 3 31 18 13
2 São Paulo 36 20 10 6 4 29 21 8
3 Goiás 35 20 10 5 5 37 28 9
4 Internacional 33 18 10 3 5 32 22 10
5 Atlético-MG 33 19 9 6 4 34 24 10
6 Corinthians 31 20 9 4 7 25 24 1
7 Barueri 31 20 8 7 5 40 29 11
8 Avaí 31 20 8 7 5 30 24 6
9 Grêmio 28 20 8 4 8 33 23 10
10 Vitória 28 20 8 4 8 29 30 -1
11 Santos 28 19 7 7 5 32 31 1
12 Flamengo 27 20 7 6 7 29 33 -4
13 Cruzeiro 24 19 7 3 9 20 28 -8
14 Atlético-PR 24 20 7 3 10 22 31 -9
15 Coritiba 22 20 6 4 10 27 32 -5
16 Santo André 21 20 5 6 9 23 30 -7
17 Náutico 21 20 5 6 9 24 37 -13
18 Botafogo 20 19 4 8 7 26 32 -6
19 Fluminense 15 20 3 6 11 21 33 -12
20 Sport 13 20 3 4 13 25 39 -14

Imperador de volta à seleção

agosto 20, 2009

Mais Um Jogaço no Toco y Me Voy

agosto 19, 2009

Jogaço de bola. Um dos mais disputados dos últimos tempos. Até o último segundo houve disputa. O Time Azul enfiou duas bolas na trave quando faltavam poucos instantes para o término do jogo. O empate esteve perto de ocorrer, mas o Time Laranja soube administrar a vantagem. Destaque para Dalmás que, quando goleiro, fez uma sequência de defesas “digna de Victor”: no primeiro lance defendeu forte chute desferido por Diogo, pegou o chute de Cuervo no rebote, e ainda espalmou para escanteio o chute a queima-roupa de Cleitão. Depois, percebeu a saída imperita do goleiro adversário (Cleitão), e chutou do outro lado da quadra para marcar o gol que deu a vitória ao Time Laranja. A lamentar, apenas a “distribuição de pancadas deliberadas” pelos atletas do Time Laranja, com exceção de Dalmás, no pivô do Time Azul.

OBS: Quem vai pagar os curativos para os meus hematomas? (hahaha…)Deve ter sido revide as duas janelinhas que dei em Cauê e Junique…

———————–

____ Súmula do Jogo # 79 ____

** TIME LARANJA:

01-Junique(C)
02-Cauê
03-Dalmás
04-Renatinho
05-Pedro Henrique
———————–

11

x

10
———————–
** TIME AZUL:

01-Cuervo
02-Ratobol(C)
03-Diogo
04-Cleitão
05-Zerbes
———————————————————-

LOCAL: Centro Poliesportivo da PUCRS (Térreo/quadra 2)
HORA: 21h
DATA: 18 de Agosto de 2009.
——————————

Tchüss!!

Ana Paula Oliveira em Nova Versão: Apresentadora

agosto 19, 2009
Que tal a Ana Paula de jornalista hein? FONTE: Divulgação da Rádio CBN de Campinas-SP.

Que tal a Ana Paula de jornalista hein? FONTE: Divulgação da Rádio CBN de Campinas-SP.

Ana Paula Oliveira, a famosa bandeirinha de beleza elogiada pelo público masculino, rebaixada pela Federação Paulista de Futebol para bandeirar em jogos da Segunda Divisão Paulista após a auxiliar de arbitragem ter posado nua para a revista masculina Playboy, resolveu mudar o ramo de atividade – ainda mais depois de ter sido reprovada nas provas físicas para o Campeonato Paulista de Futebol 2009. Agora ela será apresentadora. Consoante informações, ela largou (de vez) a bandeirinha, e passará a se dedicar exclusivamente a um programa da Rádio CBN da cidade de Campinas-SP (chamado “Batom.com”). Os assuntos variarão dentro do esporte e do comportamento humano de uma maneira geral. Além deste programa de rádio, Ana Paula Oliveira também possui (agora) um quadro fixo no canal de tv CNT, o qual versa sobre notícias e vai ao ar segundas e quintas-feiras. Gize-se: Ana Paula está retomando a Faculdade de Jornalismo, ou seja, não é jornalista “de direito”, e sim, “de fato”. Muito boa sorte a ela!

Tchüss!

Hertha Berlim Anuncia Contratação de Lúcio pelo Grêmio

agosto 19, 2009
Contratação anunciada. FONTE: Site Oficial do Hertha Berlim/ALE

Contratação anunciada. FONTE: Site Oficial do Hertha Berlim/ALE

Informação ainda não confirmada pela diretoria do Grêmio, o retorno do lateral-esquerdo Lúcio ao Imortal Tricolor foi confirmado nesta quarta pelo Hertha Berlim/ALE, clube detentor dos direitos federativos do atleta. O clube alemão anunciou em seu site que emprestará o jogador ao Tricolor até o fim da atual temporada européia, em junho de 2010. O atleta deve chegar em Porto Alegre nesta quinta-feira. O brasileiro de 30 anos assinou em 2007 um contrato de quatro anos com o Hertha. Na ocasião, Lúcio jogava no Grêmio emprestado pelo Palmeiras-SP, clube que o negociou com o time de Berlim em um acordo de € 1,75 milhão (R$ 4,6 milhões). Segundo informações da imprensa alemã, ainda não confirmadas pelo clube, o Grêmio pagará € 250 mil (R$ 650,7 mil) ao Hertha Berlim/ALE para ter Lúcio por esse período.

Confirmada também a liberação do lateral-esquerdo Jadílson. Ele deverá ser negociado com algum clube nos próximos dias. O atleta das categorias de base Bruno Collaço assumiu a titularidade da lateral-esquerda em razão da grande atuação no último jogo, celebrado contra o Flamengo-RJ. Com a chegada de Lúcio, Jadílson sobrou.

Tchüss!!

Boi lerdo bebe água embarrada

agosto 19, 2009

Quem é do campo sabe que, quando se faz uma lida meio grande, aquelas de sovar pelego um dia inteiro, a tropa cansa e quando vê uma aguada sai em desespero pra beber. Entram lagoa adentro e se esbaldam, descansando a carcaça pra seguir viagem. Daí surge a expressão: “Boi lerdo bebe água embarrada”.

Hoje me dedico a falar dos bois lerdos deste brasileirão. E no final falo dos 3 bois espertos desse campeonato. Quem são os bois lerdos mais incríveis do torneio? Pra mim, são Grêmio, Cruzeiro, Atlético MG e Corinthians.

Quem quer ganhar uma competição de pontos corridos, com jogos de ida e volta, quem é time guapo tem que esquecer que touro em campo estranho é vaca. Isto Vale para o Grêmio. (4-3-1-2 é o esquema para jogos fora de casa, para ser touro – mocho – também longe dos domínios).

Já o Cruzeiro, este time é bom, mas tá esperando vir reforços pra deslanchar. O xiru que não tira a prenda pra dançar na hora que se ajeita, acaba solito no baile, babando de bêbado atirado nas mesas. O Cruzeiro tinha tudo pra ganhar, mas desperdiçou a chance de montar, deixando o cavalo passar encilhado.

O Atlético Mineiro vinha forte, chegou, pressionou, mas quando teve a oportunidade de ficar por cima da carne seca, amarelou. Foi assim contra o Palmeiras, em casa, quando deixou de ganhar. E Cusco que chega no garrão da res e demora pra grudar, acaba levando coice no focinho.

Corinthians tem o melhor comandante, mas além de vir de sangue doce por ter alcançado seus objetivos no ano, fez questão de tirar a matéria-prima do time. A direção optou por tirar de Mano o material que potencialmente levaria ao título nacional. Domador sem cavalo não é nada. Corinthians vai beber água suja porque optou em andar devagar, nem cansado estava.

Falando um pouco do outro extremo: quem parecia boi lerdo era o São Paulo. Mas na verdade, esse time tava “se fazendo de potrilho pra comer milho sovado”, ou “de galinha morta pra andar de caminhonete”. Vinha mal no campeonato, mas quando os outros achavam que tava morto, deu o golpe de novo e aparece novamente como o grande favorito ao título.

O Inter é outro que leva perigo. Os colorados se fizeram de china maleva, pois quando o macho estava fora, aprontou em casa. Enquanto os grandes times disputavam campeonatos maiores, o Inter fez a festa no campeonato brasileiro. E isso pode fazer a diferença no final. Pra mim, é o segundo favorito ao título.

O terceiro favorito, na minha opinião, é o Palmeiras, por ter largado na frente e ter graxa pra queimar. Conta com a experiência do matreiro Muricy (apesar de eu não gostar dele como técnico, ele é que nem bunda de rainha de bateria de escola de samba: sabe ganhar brasileiros).

E pros demais comparsas, quem são os 3 favoritos? Minha ordem é: São Paulo, Inter e Palmeiras.

Pra finalizar, dois trechos de uma poesia intitulada “Rio Grande, pátria e querência”, de autoria deste humilde aspirante a ajudante de blogueiro:

Ao começar remembrar nossa cultura,
Histórias de um povo aguerrido e altaneiro
Que Jamais peleou só por dinheiro
Nas suas tantas jornadas de luta e de glória,
Não poderia ser tão simplória
A sina de toda uma população
Que tem garra corcoveando no coração
E por isso cravejou e impôs sua história.

(…)

Por isso uma coisa eu garanto:
O nosso espírito de bravura se mantém
Nossa fibra certamente vai além
De gestos de cultivo à Tradição.
E, se for preciso lançar mão
Das nossas raízes antepassadas
Por certo nos ergueremos em espadas
Pra defender de novo este Chão.

Juventude-RS Contrata Bruno Teles para Fugir do Rebaixamento à Terceirona

agosto 18, 2009
Lembram dele? FONTE: ClicEsportes

Lembram dele? FONTE: ClicEsportes

Consoante já havia sido ventilado aqui neste espaço, Bruno Teles entrou em acordo com a direção do Sport Recife-PE e rescindiu contrato com o clube pernambucano para se acertar com uma otra equipe. Pois a equipe é o Juventude de Caxias do Sul-RS. Formado nas categorias de base do Grêmio, Bruno Teles teve o seu auge em 2006 com o Imortal Tricolor. Jogou um tremendo Brasileirão naquele ano, tomando conta da lateral-esquerda gremista, todavia, as lesões interromperam a sua evolução técnica. Recentemente, foi indicado para o Juventude-RS pelo próprio técnico Ivo Wortmann. O jogador de 26 anos, 1m83cm e 75 quilos, foi apresentado na manhã desta terça-feira no Estádio ALfredo Jaconi. Se o clube obtiver condição legal de jogo para o atleta, a tendência é que ele seja utilizado por Ivo já contra o Guarani de Campinas-SP, nesta sexta-feira. O Juventude-RS se encontra na zona do rebaixamento, mais precisamente na 18ª colocação.

Tchüss!!

Futuro de Maxi López Em Pauta

agosto 18, 2009
La Barbie pode estar se despedindo de Porto Alegre-RS. FONTE: CLicRBS

La Barbie pode estar se despedindo de Porto Alegre-RS. FONTE: CLicRBS

Nesta terça-feira, mais precisamente às 10h, a direção gremista entrará em reunião com o procurador de Maxi ‘La Barbie’ López, Fernando Otto. O intuito? Trazer ao conhecimento da direção tricolor a proposta de um clube europeu pelo passe de La Barbie, e ao mesmo tempo, oferecer 3 hipóteses de centroavante para substituir o atual camisa 16 do Imortal Tricolor. Maxi tem contrato de empréstimo com o Grêmio até o final do ano de 2009. O passe do argentino pertence ao FC Moscou. O Imortal Tricolor tem direito de preferência na compra do passe. Para que o Tricolor adquira 50% do passe dele, é preciso desembolsar € 1,5 milhões (R$ 4 milhões). O valor da rescisão contratual do contrato de La Barbie com o Grêmio é de US$ 25 milhões.

Mas e a pergunta que não quer calar? Quem serão os 3 centroavantes argentinos a serem oferecidos ao Grêmio? Já foram especulados Júlio Cruz, Hernán Crespo, Boselli, Martin Palermo e a bola da vez é Bieler. Até onde este blogueiro que vos fala tem conhecimento, Palermo foi sondado e asseverou que quer encerrar a carreira no Boca Juniors/ARG, Crespo e Cruz são considerados muito velhos e têm salário altíssimo, e Boselli quer jogar o Mundial de Clubes com o Estudiantes/ARG e se transferir para a Europa depois. Resta Bieler. Eu não trocaria La Barbie por Bieler. Trocaria La Barbie por Javier Pastore, jovem centroavante argentino, goleador e craque do Huracán/ARG, a quem nossos leitores já tiveram a oportunidade de ver e conhecer aqui neste blog. E porque não um ‘gordinho paraguaio’ que adora fazer gols em brasileiros? Aguardemos a tal reunião…

Pastore seria um qualificadíssimo acréscimo de qualidade na esquadra tricolor. FONTE: SIte Oficial do Huracán/ARG

Pastore seria um valioso acréscimo de qualidade na esquadra tricolor. FONTE: Site Oficial do Huracán/ARG

Tchüss!!

NA CARA DO GOL

agosto 18, 2009

UM VIVA AOS ARQUEIROS!!!

Nesses tempos modernos, em que os treinadores de futebol privilegiam esquemas excessivamente defensivos ( muitas vezes com um ou, pasmem, nenhum atacante de ofício) e empates sem gols são comemorados, não é obviedade lembrar que a busca pelo gol não é um mero detalhe no futebol  e sim “o” detalhe que separa vencedores dos perdedores.

No nosso país, o futebol é reconhecidamente ofensivo e aspectos como a habilidade com a bola e a capacidade de fazer gols são exaustivamente incentivadas. Por isso as crianças que sonham em ser jogadores profissionais  acabam por espelhar-se em jogadores que exercem funções ofensivas. Em jogadores que fazem muitos gols e que levam suas torcidas a sonharem com títulos. Já goleiros e zagueiros raramente são lembrados. E nas peladas de rua é que vemos por que isso acontece,.geralmente os meninos mais “toscos” ou os “gordinhos” são relegados a funções defensivas e assumindo-as geralmente contrariados. Só aos mais qualificados é permitido jogar proximo ao gol adversário.

Com os goleiros então, a situação chega a ser dramática. É mais fácil ver um eclipse solar do que ver um menino se oferecer para jogar embaixo dos paus. Já dizia Nelson Rodrigues: ” Onde goleiro pisa não cresce grama”. É posição maldita, geralmente marginalizada  e paradoxalmente de imensa responsabilidade pois é a última linha de defesa. Goleiro é cargo de confiança, que nem neurocirurgião ou diretor financeiro de empresa. São funções que exigem segurança, estabilidade emocional, em que as falhas não são toleradas e, quando ocorrem, podem pôr tudo a perder. ( ou ao óbito do paciente, em relação ao médico)

Se o gol é o clímax do futebol. O que poderíamos dizer das defesas dos goleiros? O anticlímax? Eu, como ex-goleiro amador posso dizer-lhes com certeza que não. Neste ano eu vi duas atuações de goleiros que me empolgaram muito mais do que os gols durante os jogos: Júlio Cesar na vitória de 4×0 do Brasil contra o Uruguai em Montevidéu e Victor na vitória de 4×1 do Grêmio contra o Flamengo. Nesses jogos ficou a clara impressão de que se a partida levasse mais 90 minutos eles ainda assim não levariam mais gols tamanha a magnitude das atuações. Não importava se os chutes era de longe ou a queima-roupa, a bola não entrava. Foram aulas de posicionamento, agilidade, segurança e frieza. Pessoalmente em relação ao jogo do Grêmio fiquei muito impressionado com a afirmação do técnico do Flamengo, Andrade ( grande centromédio do Flamengo dos tempos de Zico), que afirmou ter sido a maior atuação que ele já havia visto de um goleiro. Dito isto por um homem que foi multicampeão e jogou dezenas de decisões na sua carreira isso conta demais.

Então digo disso aos amantes do futebol. Aqueles que tem um goleiro confiável nos seus times, celebrem-os e cumprimentem-os. Já aqueles que não tem cobrem os departamentos de futebol para que arranjem um. Todo grande time começa por um grande goleiro. Faz parte da espinha dorsal de uma equipe de futebol. E que vibremos como um gol cada vez que eles fizerem uma grande defesa!!!

Para finalizar uma filosofia levemente machista:

” Como os bons vinhos, para permanecer em bom estado de conservação, a mulher deve ser mantida no escuro, na horizontal e com uma rolha na boca.” ( Autor desconhecido)

Abraços a todos!!!


%d blogueiros gostam disto: