Grenal 377: Imortal Tricolor Faz História e Vence o Verdadeiro Grenal do Século

by
No VERDADEIRO "Grenal do Século", 65% do RS ficou mais feliz. FONTE: ClicRBS

No VERDADEIRO "Grenal do Século", 65% do RS ficou mais feliz. FONTE: ClicRBS

No Gre-Nal histórico que marcou o aniversário de 100 anos do maior clássico do futebol gaúcho, o Grêmio virou o jogo e venceu por 2 a 1, neste domingo, no Estádio Olímpico Monumental. Com o resultado, o Imortal Tricolor quebrou um tabu de sete jogos diante do rival e chegou aos 18 pontos no Brasileirão. Nilmar abriu o placar aos 24 minutos do primeiro tempo para o Internacional-RS, depois de uma falha de Souza. O camisa 8 do Grêmio, se recuperou da bobagem e empatou a partida, após cobrança de falta primorosa aos 35 minutos da primeira etapa. No segundo tempo, Maxi “La Barbie” López, de cabeça, decretou a virada tricolor no clássico do centenário. Na próxima quarta-feira, o Grêmio vai até Florianópolis enfrentar o Avaí-SC, no Estádio da Ressacada. O Internacional-RS joga no mesmo dia. No Estádio Beira-Rio, os vermelhos enfrentam o São Paulo-SP.

Souza e Tcheco comemoram o gol de empate, após cobrança de falta perfeita do primeiro citado, enquanto La Barbie dá um bico na pelota, diante de um desolado Lauro. FONTE: ClicRBS

Souza e Tcheco comemoram o gol de empate, após cobrança de falta perfeita do primeiro citado, enquanto La Barbie dá um bico na pelota, diante de um desolado Lauro. FONTE: ClicRBS

Os dois técnicos apostaram em estratégias diferentes para o clássico histórico. Para manter o mesmo sistema de jogo, com um lateral mais defensivo pela direita, Paulo Autuori optou pela entrada do jovem Mário Fernandes, 18 anos de idade, como substituto de Thiego. Já o Pastor Tite retomou o 4-4-2, mas, desta vez, com dois meias de armação no meio-campo. Andrezinho substituiu o suspenso Magrão. Consoante Wianey Carlet: “Tite utilizou o esquema de jogo chama-derrota que o levou a uma derrota vexatória ante o União Rondonópolis-MT“. O Grêmio entrou mais esperto no Gre-Nal, obtendo vantagens na maioria dos lances no começo da partida. Mesmo com Taison atuando pela direita, Fábio Santos se mandava para o apoio e era o jogador mais acionado no ataque gremista. Os vermelhos só foram aparecer com mais força no ataque depois dos 14 minutos, quando o uruguaio Sorondo obrigou Victor a fazer grande defesa em uma cabeçada. Após isto, o Clube da Beira do Lago Guaíba passou a ter maior predomínio no meio-campo.  Uma arma já usada em clássicos anteriores voltou a aparecer neste domingo, e o Internacional-RS abriu o placar com Nilmar aos 24 minutos da primeira etapa, após erro bisonho de Souza. Depois de uma cobrança de escanteio tricolor, a defesa colorada retomou a posse da bola e partiu em alta velocidade para o campo ofensivo. Nilmar foi lançado. Souza conseguiu a antecipação, mas foi com o corpo mole na jogada. O atacante do Inter tirou a bola do camisa 8 gremista, invadiu a área e tocou com categoria no ângulo de Victor: 1 a 0. Mais calmo em campo, o Clube da Beira do Lago Guaíba passou a tocar a bola e “parecia” envolver o time do Grêmio. Afoito, o Tricolor não encontrava o caminho do gol de Lauro. Porém, a qualidade de Souza na bola parada acabou corrigindo o seu próprio erro no lance gol do Inter. Aos 35 minutos, Souza tentou avançar pelo meio e foi derrubado pelo violento Guiñazu. Souza ajeitou a bola e colocou como se fosse com as mãos, no cantinho da meta colorada: 1 a 1. Golaço de quem sabe bater na pelota.

La Barbie não perdoa e sepulta os vermelhos, coroando uma partida brilhante do Imortal Tricolor. FONTE: ClicRBS

La Barbie não perdoa e sepulta os vermelhos, coroando uma partida brilhante do Imortal Tricolor. FONTE: ClicRBS

As duas equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações. Assim como na etapa inicial, o Grêmio tentou se impor no começo e, com uma cabeçada de Réver, quase virou a partida. A pressão tricolor foi intensa no início da segunda etapa. No entanto, muito bem postada e com uma grande atuação de Sorondo e Sandro, a defesa do Clube Detentor de 35% da torcida no RS conseguia conter os ataques do Tricolor. Mas, aos 25 minutos, Maxi “La Barbie” López superou a muralha colorada e colocou o Grêmio em vantagem. Depois de uma cobrança de escanteio de Souza da direita, Réver dominou e chutou forte. A bola tinha endereço certo, mas bateu no peito de Guiñazu, quase sobre a linha. Na volta, o argentino La Barbie enfiou a cabeça na bola e fez o lado azul do estádio explodir com o grito de gol: 2 a 1, de virada. Avalanche! Geral enlouquecida! Monumental quase vem abaixo. Depois da virada, o Clube da Beira do Lago Guaíba partiu para cima e deu muito espaço para o Grêmio. Com moral, Maxi López cresceu na partida. Aos 32 minutos, o autor do segundo gol tricolor ganhou de Índio e serviu o aniversariante do dia, Germán Herrera. O chute cruzado parou na trave direita de Lauro. O Inter tentou até o fim, mas o dia era do Grêmio. Depois de sete clássicos, o Tricolor vence o rival. Paulo Autuori consegue um resultado positivo logo no primeiro clássico comandando o Tricolor. Já Tite, perde pela primeira vez desde que assumiu os vermelhos – e justo agora, pode ser demitido.

Souza foi o diferencial técnico do Clássico do Centenário, ou Verdadeiro Grenal do Século. FONTE: ClicRBS

Souza foi o diferencial técnico do Clássico do Centenário, ou Verdadeiro Grenal do Século. FONTE: ClicRBS

Convenhamos, foi o que se chama no dicionário futebolístico de “nó tático”. Paulo Autuori foi extremanente superior a Adenor Leonardo Bacchi, e só não fez mais gols, porque a sorte esteve ao lado dos vermelhos. Em toda a partida, o Clube da Beira do Lago teve tão somente duas chances de gol: o próprio lance do gol, no qual houve clarividente falha de Souza; e em uma cabeçada de Sorondo, após cobrança de escanteio. Fora isso, o jogo foi do Grêmio. Segundo Wianey Carlet: “Bolívar era um sinamomo, mas daqueles com as raízes bem fixas ao chão; a vitória do Grêmio era previsível“. Consoante Ruy Carlos Ostermann: “Vitória merecida daquele que buscou mais o gol e soube preencher os espaços do campo“. Com 1 século de história do clássico Grenal, o derby de número 377 é o que se pode chamar de Grenal do Século, e não aquele disputado no final da década de 80. A propósito, em termos de números, o Imortal Tricolor venceu bem mais quando os clássicos versavam sobre o Campeonato Brasileiro. Conclusão: os vermelhos só estão a frente dos tricolores em número de vitórias em clássicos, porque o Clube da Beira do Lago (com exceção do ano de 2006) só vive de Campeonatos Regionais, os chamados “Ruralitos”. Em 100 anos de história do Clássico Grenal, o vencedor do primeiro também foi vencedor do último: esmagadores 10 a 0 do Imortal Tricolor sobre o Clube Vermelho no primeiro, e  2 a 1 para os tricolores no último. Como se vê, fazer história é com o Grêmio…

GRÊMIO 2 INTER 1
Victor; Mário Fernandes (Makelele, 39min do 2º), Rafael Marques, Réver e Fábio Santos; Túlio, Adílson, Souza e Tcheco; Germán Herrera (Jonas, 38min do 2º) e Maxi López Lauro; Bolívar (Danilo Silva, 36 min do 2º), Índio, Sorondo e Kleber; Sandro, Guiñazu, Andrezinho (Giuliano, 34 min do 2º) e DAlessandro; Taison (Alecsandro, 26min do 2º) e Nilmar
Técnico: Paulo Autuori Técnico: Tite

Gols: Nilmar, aos 24min, e Souza, aos 35min, no primeiro tempo. Maxi López, aos 24min, no segundo
Cartões amarelos: Guiñazu, Taison (I), Tcheco (G)
Árbitro: Leonardo Gaciba, auxiliado por Altemir Hausmman e José Franco Filho.
Público: 40.020 pessoas (36.046 pagantes)
Renda: R$ 790. 721
Local: Estádio Olímpico Monumental

Tchüss!!

Anúncios

Uma resposta to “Grenal 377: Imortal Tricolor Faz História e Vence o Verdadeiro Grenal do Século”

  1. Roberto Junior Says:

    É amigo… ganhou quem teve mais vontade e mais bola no pé.
    Autuori entendeu o anseio da massa tricolor e jogou pra valer o Grenal, diferente dos embustes praticados pelo Sr. Celso Roth que colocava times mistos para abafar suas derrotas… fazendo a tática do FRALDÃO.
    Falta apenas reproduzir a produtividade dos jogos do Olímpico fora de casa.
    Fica Tite… pro inter agora centenário só em 2109.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: