Brasil Show Massacra a Atual Campeã do Mundo e Estados Unidos Elimina a Sensação do Torneio

by
O Fabuloso marcou mais uma vez. FONTE: ClicRBS

O Fabuloso marcou mais uma vez. FONTE: ClicRBS

Que venha a África do Sul de Joel Santana. Jogando um futebol rápido e objetivo, a Seleção Brasileira precisou apenas de 45 minutos para golear a Itália por 3 a 0 na tarde deste domingo, em Pretoria, na África do Sul, pela Copa das Confederações. Luís Fabiano (duas vezes) e Dossena (contra) marcaram os gols da partida, todos no primeiro tempo. Com o resultado, o Brasil terminou com 100% de aproveitamento e se classificou em primeiro lugar no Grupo B. Nas semifinais, vai enfrentar os donos da casa. Já a Itália pega o avião de volta para casa: com a vitória de 3 a 0 sobre o Egito, os Estados Unidos chegaram aos três pontos e se classificaram pelos critérios de desempate.

No primeiro tempo, a Seleção de Dunga mostrou um futebol como há muito não se via. Com toques rápidos no meio e muitas jogadas pelos flancos, passou com facilidade pela defesa italiana, considerada uma das melhores do mundo. Logo aos seis minutos, Ramires recebeu de Luís Fabiano e acertou o travessão. Era só o começo. A essa altura o Brasil já dominava o jogo. Atrás, Lúcio era implacável na marcação e Felipe Melo rápido na ligação para o ataque. Mas em vez de Kaká ou Robinho, a principal opção foi quase sempre Maicon. O lateral levou vantagem sobre a defesa italiana na maior parte das vezes em que foi acionado e parece ter deixado claro que é o dono da lateral-direita. A segunda chance do Brasil ocorreu aos 30 minutos. Maicon cruzou e Luís Fabiano cabeceou por cima. Aos 33, Lúcio foi para área aproveitar cobrança de escanteio e quase deixou o dele. Primeiro, driblou o marcador e chutou na trave. Logo em seguida, o capitão brasileiro pegou uma bola de primeira e obrigou o goleiro Buffon a fazer milagre. Claramente superior, o Brasil demorou a marcar. Mas quando a primeira a bola entrou na rede, o paredão italiano veio abaixo. Primeiro aos 37, com Luís Fabiano interceptando chute de Maicon e chutando no canto direito. Depois aos 42, em jogada de contra-ataque que começou com Kaká, passou por Robinho e terminou com Luís Fabiano colocando na rede. E por fim aos 44, em cruzamento de Robinho que Dossena fez contra. O Brasil reduziu o ritmo na volta do intervalo. Até demais. Já a Itália sabia que precisava de um gol para se classificar e voltou com três atacantes: Pepe entrou no lugar de Montolivo. A equipe de Marcelo Lippi dominou o meio-de-campo e Júlio César finalmente começou a jogar. A pressão foi forte, mas Lúcio e Luisão, que substituiu o machucado Juan, deram conta do recado. O placar não mudou e os campeões mundiais deram adeus ao torneio. Foi um verdadeiro chocolate. Robinho, mais uma vez, calou os seus críticos com uma atuação pra lá de convincente. Parece ter resgatado a alegria e o bom futebol dos tempos de Santos Futebol Clube. Luís Fabiano é um matador discreto, sem a marra e a “grife” de Romário, Adriano e outros. O Brasil vem dando show já faz mais de 4 jogos…


ITÁLIA (0)

Buffon; Zambrotta, Cannavaro, Chiellini e Dossena; Pirlo, Montolivo (Pepe), De Rossi e Camoranesi; Toni (Gilardino) e Iaquinta (Rossi).
Técnico: Marcelo Lippi.

BRASIL (3)
Júlio César; Maicon, Lúcio, Juan (Luisão) e André Santos; Gilberto Silva (Kleberson), Felipe Melo, Ramires (Josué) e Kaká; Robinho e Luís Fabiano
Técnico: Dunga.

Gols: Luís Fabiano, aos 37 e aos 42 minutos. Dossena (contra), aos 44 minutos do primeiro tempo. Cartões amarelos: Chiellini e Dossena (I). Arbitragem: Benito Archundia, auxiliado por Hector Vergara e Marvin Torrentera (trio do México). Estádio: Loftus Versfeld, em Pretoria (África do Sul).

Tchüss!!

Anúncios

2 Respostas to “Brasil Show Massacra a Atual Campeã do Mundo e Estados Unidos Elimina a Sensação do Torneio”

  1. Gustavo Says:

    Como falei em outra oportunidade… to voltando a torcer pela seleção. Ainda desconfiado, mas to…

  2. Roberto Ortiz Alves Juinor Says:

    Só falta sair o Robinho. Tá quase pronto o time base pra 2010.
    Elano é bom jogador, mas a explosão do Ramires é sobre humana. E tem muita qualidade com a bola no pé. O Cannavaro não aguentava ficar correndo atrás dele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: