Até Que Ponto os Jogadores Falam a Verdade?

by
Tinga em ação na Bundesliga. FONTE: ClicRBS

Tinga em ação na Bundesliga. FONTE: ClicRBS

Segundo o site Lancenet, o volante Paulo César Tinga, de férias no Rio de Janeiro-RJ, falou sobre a sua possível ida para o Fluminense-RJ. Incomodado com o que vem sendo noticiado, o jogador confirmou que chegou a conversar com os dirigente do time, mas negou qualquer acerto em reunião realizada esta semana. Para ele, o clube alemão não estaria disposto a liberá-lo. Muitas notícias vem sendo dadas de que Tinga teria sido sondado pelo Internacional-RS no início do ano, antes da contrataão de Rosinei, e agora, estaria por ser anunciado pelos cariocas do Flu.

— Não existe nada, até porque tenho contrato com o Borussia Dortmund e estou bem lá na Alemanha. Recentemente conversei algumas vezes com o pessoal do Fluminense por telefone, mas não existe a possibilidade de acerto, pois não tenho como assinar contrato algum sem a liberação do meu clube — explicou o atleta.

No Borussia Dortmund/ALE desde 2006, o jogador afirmou que deseja cumprir o seu contrato com o clube alemão – que termina em junho de 2010. Segundo ele, não existem motivos reais para o seu retorno ao Brasil.

— Não sou aquele jogador que está desesperado para voltar ao Brasil porque não deu certo na Europa. Estou no Borussia há três temporadas e atuei 95% das partidas como titular. Fiquei apenas seis jogos no banco. Estou bem lá e a minha família está adaptada — concluiu Tinga.

Essa situação do Tinga nos remete ao caso Souza. Há dias atrás, o atleta gremista teria dito a uma repórter francesa que deseja retornar ao Paris Saint-Germain/FRA, desde que ele seja aproveitado pelo treinador. Em seguida, Souza falou à imprensado Estado do Rio Grande do Sul que sequer concedera entrevista, até porque, não sabe falar francês. Eu fico me questionando face a tudo isso: até que ponto podemos acreditar na verdade dos jogadores? É incrível como há especulações que partem de todos os lados. Diego Souza recentemente, quando o Grêmio tentava segurá-lo no Monumental,fez juras de amor ao clube, falou que queria ficar, que o Grêmio era a sua vida e tal. E duas semanas, ele desembarcava no Palestra Itália, sob o status de maior contratação do Palmeiras-SP para a temporada 2008. Os jogadores negam até o fim, e quando as negociatas se concretizam, dizem que não podiam falar o que realmente acontecia, senão estragariam o negócio. O Flamengo-RJ dizia que Obina era inegociável, que era ídolo do clube e tal. Foi algum clube elaborar uma proposta, e o centroavante foi para o Palmeiras-SP. Vejam o caso Kaká. Asseverou que ama o Milan/ITA, que pretende encerrar a carreira no clube, que respeita demais os torcedores, e que não queria falar sobre negociações porque ele iria ficar na Itália, mas acabou assinando com o Real Madrid/ESP e receberá, agora, um dos 5 maiores salários do planeta. Definitivamente, eu não dou mais atenção a este tipo de especulação. Não acredito mais em jogadores e nem em imprensa, quando se trata de negociações. A verdade é totalmente banalizada para acalmar torcedores ou dirigentes. A mentira é a tônica das entrevistas. Por isso, só acredito depois que há contrato assinado e o jogador é apresentado ao clube vestindo a camisa oficial. Foi o tempo em que eu me estressava com isso…

Obina, de fato, é melhor do que Eto'o? (consoante a música da Torcida Flamenguista)

Obina, de fato, é melhor do que Eto'o? (consoante a música da Torcida Flamenguista)

Tchüss!!

Anúncios

2 Respostas to “Até Que Ponto os Jogadores Falam a Verdade?”

  1. Gustavo Says:

    Taí… eu havia falado em Rafael Carioca na seleção… mas e o Tinga? Seu blogueiro, não seria ele melhor do que Gilberto Silva? tá, a pergunta foi fácil… quis dizer: Tinga não seria um selecionável? me parece que o maior defeito da Seleção está na “volância” (hehehe), onde até há certa combatividade, mas uma péssima distribuição de bola.

  2. mzerbes Says:

    Pois é, meu caro Gustavo Bartt, acho Tinga e Rafael Carioca melhores que Felipe Melo, mas Dunga não entende assim. Complicado. Gostaria de saber como vem jogando Marcelo Mattos na Grécia, sinceramente. Gilberto Silva também é dose pra mamute. A Seleção Brasileira está muito mal servida de volantes. O Kléber de titular na Seleção é uma ABERRAÇÃO. Aproveitando o ensejo, aí vai a minha Seleção Brasileira:

    Júlio César; Daniel Alves, Juan, Lúcio e Adriano (ou Fábio Aurélio); Hernanes (ou Rafael Carioca), Tinga (ou Anderson ou Lucas Leiva), Ibson e Kaká; Grafite (ou Borges) e Luís Fabiano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: