Archive for agosto \25\UTC 2007

O ETERNO CRAQUE GREMISTA

agosto 25, 2007

TÍTULO 1:

Carlos Eduardo está de saída. Lucas já saiu. Cássio também. O mesmo aconteceu com Lúcio. Jardel, Paulo Nunes, AnderSHOW, Eduardo Costa (hj reintegrado), Ronaldinho, Anderson Polga, entre outros tantos que já saíram do Grêmio… ora, o Grêmio é um celeiro infindável de ótimos jogadores. Todo o ano tem algum atleta dos juniores que se destaca, encanta os europeus e se manda para a Europa. Evidentemente que isso não é um bom indicativo, todavia, o clube precisa de dinheiro para pagar a folha salarial e seus dívidas, fundamentalmente, de cunho fiscal e trabalhista. É a triste realidade do futebol brasileiro. Os clubes precisam destas vendas para alavancar seus negócios. Fora isso, um clube no Brasil vive das rendas dos jogos, cotas de televisão, venda de produtos da marca e títulos. Com as saídas recentes de Cássio e Lucas Leiva, e a possível saída de Cadu, muitos aduziram que o Grêmio perdeu um pouco de sua identidade, que os jogadores de alta qualidade sempre vão embora, e que não há mais craques no Monumental. EQUÍVOCO. O Real Madri pode levar o Diego Souza. O Barcelona pode levar o Saja. O Milan pode levar o Eduardo Costa. A Juventus de Turim pode levar o Willian. O Bayern de Munich pode levar o Mano Menezes. O Liverpool pode levar o Flávio Trevisan. O Manchester United pode levar o Paulo Odone. O Chelsea pode levar o Jhon Palácios (atacante colombiano, destaque dos juniores do Grêmio). MAS JAMAIS LEVARÃO O MAIOR CRAQUE TRICOLOR: A SUA TORCIDA APAIXONADA E FANÁTICA!!!! A Alma Castelhana dá um show de como se torcer jogo pós jogo. Seja contra o Boca Juniors(ARG), seja contra o Sapucaiense-RS, a torcida gremista está sempre lá para estimular os atletas tricolores, gritar enfaticamente seus nomes e “avalanchar” a cada gol marcado.  O contrato da torcida tricolor gremista é VITALÍCIO, é IMORTAL, como a entidade de nome GRÊMIO FOOT-BALL PORTO-ALEGRENSE. E digo mais: esse craque NUNCA abandonará o Grêmio, porque ele não se apega a dinheiro, mas ao amor que tem por seu clube – que é ETERNO. Grêmio: NADA pode ser maior. Um sentimento.

TÍTULO 2:

Final de semana passado assisti ao filme “O Labirinto do Fauno” (El Laberinto del Fauno), saído dos cinemas há algum tempo. Abaixo seguem os detalhes.
Gênero: Drama, Fantasia, Suspense
Duração: 120 min.
Tipo: Longa-metragem / Colorido
Palavras-Chaves: Bem-vestido, Tragédia, Criança, mais…
Prêmios: Vencedor de 3 Oscars
Distribuidora(s): Warner Bros., Warner Home Vídeo
Produtora(s): Warner Bros. Pictures, Tequila Gang, Esperanto Filmoj, Estudios Picasso, OMM, Sententia Entertainment, Telecinco
Diretor(es): Guillermo del Toro
Roteirista(s): Guillermo del Toro
Elenco: Ariadna Gil, Ivana Baquero, Sergi López, Maribel Verdú, Doug Jones (1), Álex Angulo, Manolo Solo, César Vea, Roger Casamajor, Ivan Massagué, Gonzalo Uriarte, Eusebio Lázaro, Paco Vidal¹, Juanjo Cucalón, Lina Mira
Lançamento do DVD: 24.05.2007
Estréia: 01.12.2006

SINOPSE”O Labirinto do Fauno” conta a história de uma menininha que, em 1944, viaja com a mãe e o pai adotivo para uma área rural no norte da Espanha. O cenário é o pós-guerra espanhol que deu a vitória ao fascista Francisco Franco. A garota, no entanto, vive num mundo imaginário que ela mesma criou, mas para sua decepção deverá encarar a realidade dos fatos.1.jpg

CRÍTICA

Um filme com cenas fortes, reais. Um conto de fadas que se mescla à dura realidade das guerras. Roteiro muito bem elaborado. Atores completamente desconhecidos, mas não menos talentosos. A meu ver, esta película poderia ter tido uma maior duração. Poderia ter sido um pouco melhor desenvolvido. Bom filme.

NOTA DO FILME: 7,0/10

Tchüss!!

[DOC]

25 de Agosto de 2007 – 10h21

Ajudinha extra

agosto 21, 2007

A situação anda tão feia para os lados do Juventude, dentro de campo, que o time de Caxias optou por buscar ajuda em outros âmbitos. No caso, a direção buscou a ajuda de um guru e mais uma equipe com mãe de santo e tudo mais. Inclusive foi por causa deste guru, que o técnico Claudio Duarte pediu demissão ás vésperas do jogo contra o Corinthians.

Segundo o clicRBS, Claudião teria ficado chateado por este guru estar tendo ingerência na área do treinador, ou seja, ele já estava tendo reuniões à portas fechadas com os jogadores e até se intrometendo no número que cada jogador deveria ter na camiseta.

O tal guru é conhecido com Pin, teria 50 anos de idade e pelo que os jogadores andam dizendo suas conversas não andam tendo muito efeito no grupo. Um jogador que obviamente nao quis revelar a sua indentidade declarou. “Olha, cara, para te falar a verdade eu não entendi nada do que ele falou”.

É compreesível a atitude dos diretores do time alviverde da serra, afinal a situação do Ju é complicadíssima. Para escapar do rebaixamento os caxienses terão que fazer 30 pontos em 54 disputados. E aí meu amigo, o que lhes digo é: Boa sorte na segundona ano que vem!

Abraço a todos

Juliano Soares

Gritedo

agosto 21, 2007

Tem algum som que seja mais lindo, para nós homens, do que gemido de mulher? Não!

Claro que este som deve ser emitido por uma única e exclusiva razão: prazer.

Entretanto, com a grande presença feminina nos estádios brasileiros, um novo som vem fazendo parte do universo futebolístico.

Quando a bola está perto de um dos gols, tanto faz se for contra ou a favor do time da torcedora, um grito forte e agudo começa a ser ouvido.

É uma coisa de louco. Os homens chegam a se olhar e pensar no que está acontecendo pra moça gritar desesperada daquele jeito. Alguns gritos provocam além do espanto, risada. Inclusive da autora.

O fato é que apesar do desespero das meninas, o som é lindo. Ainda mais quando é emitido por beldades que comparecem aos jogos.

Deixa as gurias gritarem!

JÁ ESTAVA COM SAUDADES DISSO TUDO…

agosto 19, 2007

TÍTULO 1:

Pois é…aqui estou mais uma vez. Conforme eu já havia alertado, minhas colunas seriam cada vez menos freqüentes em razão “do processo”. Graças ao “processo”, melhorei um pouco de vida, mas isso não é assunto para análise aqui neste espaço. Sem mais delongas, vamos ao que interessa! Assisti final de semana passado a dois filmes, os quais analisarei em separado nos dois títulos que seguem. O primeiro deles foi “A PASSAGEM” (Stay). Logo abaixo seguem os detalhes do filme.

A Passagem
(Stay, EUA, 2005)

Gênero: Suspense
Duração: 99 min.
Tipo: Longa-metragem / Colorido
Distribuidora(s): Fox Film
Produtora(s): New Regency Pictures, Epsilon Motion Pictures, Regency Enterprises
Diretor(es): Marc Forster
Roteirista(s): David Benioff
Elenco: Ewan McGregor, Ryan Gosling, Kate Burton, Naomi Watts, Elizabeth Reaser, Bob Hoskins, Janeane Garofalo, B.D. Wong, John Tormey, José Ramón Rosario, Becky Ann Baker, Lisa Kron, Gregory Mitchell, John Dominici, Jessica Hecht

Estréia nos cinemas: 30.12.2005

SINOPSE: Thriller psicológico no qual um jovem anuncia ao seu psiquiatra que irá cometer suicídio em três dias. Desesperado, o médico se esforça para ajudar seu novo paciente, conduzindo o jovem pela cidade numa inacreditável viagem. Como se fosse um pesadelo, o rapaz suicida irá descobrir que existe um lugar entre a vida e a morte que jamais imaginou.

passagem.jpg

CRÍTICA: Filme extremamente confuso. Um ótimo elenco, com uma ótima atuação de Evan McGregor, entretanto, o diretor deixa várias lacunas em meio ao desenrolar do filme. O público chega ficar confuso em dada hora. Não se sabe mais quem é quem, o que é real e o que não é. O conteúdo da película é muito bom, infelizmente, o diretor Marc Forster não foi competente para adaptar as situações à realidade.

NOTA FO FILME: 4,0/10

TÍTULO 2:

O segundo filme que tive a oportunidade de assistir foi um pouco melhor, relevando-se as suas peculiaridades. Nas linhas abaixo seguem as informações pertinentes de praxe.

Uma Noite no Museu
(Night at the Museum, EUA, 2006)

Gênero: Comédia
Distribuidora(s): Fox Film
Produtora(s): Twentieth Century-Fox Film Corporation, 1492 Pictures, 21 Laps Entertainment
Diretor(es): Shawn Levy
Roteirista(s): Robert Ben Garant, Thomas Lennon (1)
Elenco: Ben Stiller, Dick Van Dyke, Mickey Rooney, Jake Cherry, Bill Cobbs, Ricky Gervais, Carla Gugino, Mizuo Peck, Robin Williams (1), Kim Raver, Patrick Gallagher (1), Rami Malek, Pierfrancesco Favino, Charlie Murphy¹, Steve Coogan

Estréia nos cinemas: 12.01.2007

noite.jpg

SINOPSE:

Comédia e ação se misturam na trama que envolve um dos guardas da segurança do Museu de História Natural de Nova York, que sem querer desencadeia uma maldição que faz os animais e insetos extintos voltarem à vida.

CRÍTICA: O filme demora um pouco para se desenvolver no início, mas ao final se torna um bom entretenimento à família. Precisamos levar em conta o fato de que se trata de um filme de comédia, logo, não se pode criticar demasiadamente. Se formos comparar com o mundo real, Uma Noite no Museu estará fadado a ferozes apontamentos negativos, até porque, o filme foge (e muito) da verossimilhança do nosso cotidiano. É preciso que o público embarque na viagem proposta pelo diretor Shawn Levy. É possível dar boas risadas com este filme. Owen Wilson faz uma pontinha e se destaca, para variar um pouco. Robin Williams também dá sua contribuição. A propósito, aluguei este DVD porque o Ben Stiller faz bons filmes de comédia, vez que outra. Quando penso em Ben Stiller, lembro de “Duplex” – muito hilário diga-se de passagem.

NOTA DO FILME: 6,0/10

Tchüss!!

[DOC]

18 de Agosto de 2007 – 23h02

Da série “Judia de mim”

agosto 17, 2007

Nívea Stelmann

576128-6641-in.jpg

A moça está na Playboy deste mês na seção “mulheres que amamos”…eu amo! Você não?

Menos um…

agosto 16, 2007

representante gaúcho na elite do futebol brasileiro ano que vem. É o Juventude, que apos 12 anos entre os principais times do Brasil, não irá resistir ao campeonato desse ano.

Este final de semana estive conversando com um amigo de Caxias, e questionei o porque de Juventude ir tão mal esse ano? Ele me disse que um conjunto de fatores levamjuventude.jpg o time da papada a situação atual. Concordo com ele, dentre estes fatores podemos citar: a má administração do Sr. Iguatemi Ferreira, a bendita espera pela parceria com a Red Bull que nunca sai e também a política de futebol, que na minha opinião e o mais importante.

É uma pena, não porque eu simpatize com o Juventude, muito pelo contrário. Mas o que me deixa chateado, e que um time que tem potencial para crescer, que ja fez um nome no certame, inclusive sendo campeão da Copa do Brasil, devido a má administração acaba descendo de divisão.

Pelo menos, ano que vem, o Inter não vai começar o campeonato com menos 6 pontos.

Sorte aos Juventudistas

Abraco a todos!

Juliano Soares

Acabo!

agosto 15, 2007

Sem dúvida o sistema de pontos corridos é o mais justo. Premia os competentes e rebaixa os incompetentes.

Mas o problema é que se algum time se distância na liderança, o campeonato perde a graça muito cedo. Tudo bem que temos a briga pra Libertadores. E só também. Por que lutar por vaga na Sul Americana é desculpa de quem não tem força nem plantel pra lutar na ponta de cima da tabela.

Claro que temos que dar todos os méritos ao São Paulo, que montou um grande plantel, tanto em quantidade, quanto em qualidade, que um campeonato longo como o brasileiro pede.

Pena que o campeonato já ao fim do primeiro turno parece estar decidido. Nos resta torcer para que pelo menos a dupla Gre-Nal consiga vaga na Libertadores de 2008.

 

Alemão Pizoni

Abel chegou, tudo melhorou!

agosto 13, 2007

O técnico campeão do mundo deu novo ânimo à todo ambiente colorado. A torcida compareceu em massa ao gigante, os jogadores ganharam nova motivação e os dirigentes escaparam um pouco das críticas.

O Inter sobrou na partida, foi efetivo, jogou com disposição e não ofereceu chances de reação ao Goiás. A defesa estva sólida, com todos os jogadores tendo uma abelao.jpgboa atuação. No meio Giñazu novamente foi o destaque com uma bela atuação e Adriano e Iarley também foram muito bem, inclusive Adriano já é o artilheiro do time na competição com 6 gols.

Agora com Abel a tendência melhorar, ele descansou e agora está cheio de gás para fazer do Inter o time vencedor que ele próprio montou. Não sou nem nunca fui muito fã do Abelão, mas acredito que esta nova fase dele no colorado será muito proveitosa até porque existem jogadores tão bons quanto os da última vez que ele esteve no Beira-Rio.

Sorte ao Abel

Abraço a todos

Juliano Soares

Barbearia F.C

agosto 13, 2007

A confiança é um elemento fundamental em qualquer tipo de relação. Seja ela: marido e mulher, amigo com amigo, e por aí vai. Mas existe uma que nós homens (pelo menos eu) acho fundamental. A confiança no nosso cabeleireiro. Sim. Por que desde piá eu corto o cabelo com o mesmo barbeiro. Você não?

Não sei o que tem de especial nessa relação, só sei que ao longo de nossa vida ela se torna extremamente confiável. Tanto que o meu barbeiro se mudou e eu faço questão de me deslocar até seu novo estabelecimento só para aparar as madeixas.

Essa confiança a que me refiro, é a mesma que a torcida tem no seu goleiro e no seu centro avante. Quando o atacante bate aquela bola sem perigo no gol, sabemos que o nosso goleiro irá pegar. E quando o chute é meio gol, acreditamos e confiamos num possível milagre por parte do camisa um. Naquela final de campeonato em que temos um pênalti contra, temos certeza que ele defenderá. É pura confiança. O que é claro, ajuda na melhor performance do arqueiro.

Já o centro avante. Ah o centro avante. A peça principal de todo time que pretende ser vitorioso. O matador. Aquele que mete medo na torcida adversária. O cara. Quando ele pega na bola, nosso coração bate acelerado e nossos olhos já vêem a rede balançando. Aquele que tem por virtude não a técnica e sim o faro de gol. Claro que uma coisa não exclui a outra. Tivemos vários matadores que tinham por principal virtude justamente a técnica. Cito só um: Romário.

Time que não tem um goleiro e um centro avante confiável, é que nem bairro sem cabeleireiro. Qualquer um acha que pode fazer o serviço, mas acabada o fazendo de forma errada e mal feita. Aí não há cabelo que agüente.

Alemão Pizoni

APENAS PARA NÃO PASSAR DESPERCEBIDO…

agosto 11, 2007

TÍTULO 1:

Na rodada de meio de semana, retornei ao Estádio Olímpico Monumental após alguns jogos ausente. Meu último jogo no Monumental tinha sido a vitória heróica e brilhante do Imortal Tricolor ante o Santos (2×0) em jogo válido pelas semi-finais da Copa Libertadores da América. O que vi desta feita nçao foi NADA bom. Grêmio e América de Natal fizeram um jogo sofrível, de baixíssima qualidade técnica e de pouca inspiração. Analisando o Grêmio, percebi um total desinteresse dos jogadores pela partida, muito em razão do adversário. Ademais, parecia que o Grêmio estava treinando, ninguém demonstrava raça no jogo e aceitavam os dribles dos jogadores do América com naturalidade. Os ÚNICOS que deram a alma por aquele jogo, foram Saja (autor de grandes defesas que evitaram um novo vexame tricolor) , Eduardo Costa (o melhor em campo DISPARADO, muito interessado no jogo, demonstrando forte domínio nos desarmes) e Kelly (mais uma vez, entrando nos momentos finais de jogo). William não comprometeu. Bustos foi mal, o mesmo acontecendo com Pereira (ODONE, PELO AMOR DE DEUS, EU QURO UM ZAGUEIRO DE VERDADE!!! PRA QUE MANDAR O SCHIAVI EMBORA???), Sandro Goiano, Tcheco, Diego Souza e Cadu. A propósito, Carlos Eduardo parecia sem inspiração. Tuta, embora tenha feito dois gols, jogou mal também. Mas o pior de todos, sem sombra de dúvidas, foi Anderson Pico. SAN GENNARO!!! Como é que pode um ser humano jogar tão mal!! Fez apenas a jogada do primeiro gol (aos trancos e barrancos) e era isso.  Pico foi autor de alguns lances simplesmente BIZARROS. Ele chegou à linha de fundo umas 15 vezes, cruzando mal TODAS as vezes, com direito a duas bolas para lateral. De fato, Hidalgo não pode ser pior que isso. Até a hora em que Tuta fez o primeiro gol, o destaque vinha sendo Souza, meia do América de Natal, ex-Corinthians, Brasiliense, São Paulo e vários outros clubes. Não há explicação em ver o Souza jogar nesse time mediocre do América. Ele e Gléguer estão sobrando neste marasmo de time. Adãozinho tem algo em torno de 43 anos e joga no meio-campo dos potiguares. INACREDITÁVEL! Outra lenda histórica do futebol brasileiro, e que joga no América, é Paulo Isidoro, ex-Inter, Cruzeiro, Vitória, entre outros clubes.  O AMérica, apos o gol de Tuta, passou a gostar do jogo. Souza levou a defesa gremista ao desespero, forçando Saja a fazer defesas de alta dificuldade. Só não chegou ao gol porque o time é precário. O primeiro tempo acabou sob vaias. No segundo tempo, após um xingão de Mano Menezes, o Grêmio melhorou o rendimento e jogou regularmente bem. Tuta fez mais um gol. Atente-se para o fato de que Tuta não comemora mais com a torcida. Ele anda sentido, em razão de algumas vaias. Kelly entrou em lugar de Tcheco e jogou muito bem, tendo feito, inclusive, o gol mais bonito do jogo. Valeu pelos 3 pontos. Ao final do jogo, na entrevista coletiva, o treinador Mano Menezes deixou escapar que está insatisfeito com as atuações nada alentadoras de Tcheco e Diego Souza. Kelly deve ganhar uma chance como titular, senão no próximo jogo, no outro. A atuação gremista foi ruim. De novo. 

Colocação Time PG J V E D GP GC SG %
São Paulo 37 18 11 4 3 22 7 15 69%
Botafogo 32 17 9 5 3 35 23 12 63%
Vasco 30 17 9 3 5 33 21 12 59%
Cruzeiro 29 17 9 2 6 38 32 6 57%
  Goiás 29 18 9 2 7 28 24 4 54%
Grêmio 28 18 8 4 6 17 18 -1 52%
Santos 27 18 8 3 7 27 23 4 50%
  Palmeiras 27 18 7 6 5 23 22 1 50%
Atlético-MG 25 18 7 4 7 28 26 2 46%
10º Internacional 24 18 7 3 8 25 25 0 44%
  Sport 24 18 7 3 8 30 34 -4 44%
12º Paraná 23 18 6 5 7 21 23 -2 43%
  Figueirense 23 18 6 5 7 27 31 -4 43%
  Fluminense 23 17 5 8 4 18 14 4 45%
15º Atlético-PR 22 18 5 7 6 29 26 3 41%
16º Náutico 20 18 5 5 8 27 32 -5 37%
  Corinthians 20 17 4 8 5 17 21 -4 39%
18º Juventude 16 17 4 4 9 19 28 -9 31%
19º Flamengo 12 14 2 6 6 18 27 -9 29%
20º América-RN 10 18 3 1 14 15 40 -25 19%
Classificado para a Copa Libertadores e a Copa Sul-Americana
Classificados para a Copa Libertadores
Classificados para a Copa Sul-Americana
Rebaixados para a Série B
PG Pontos Ganhos
J Jogos Disputados
V Vitórias
E Empates
D Derrotas
GP Gols Pró
GC Gols Contra
SG Saldo de Gols
% Porcentagem de aproveitamento dos pontos

TÍTULO 2:

O Inter demitiu Alexandre Gallo do comando do time e, uma hora e meia depois, anunciou um “velho novo treinador”. Falo de Abel Braga. É sua 5a passagem pelo clube colorado. Após 108 dias, ele está de volta. A torcida dos vermelhos está satisfeita e feliz, porém, isso indica falta de convicção desta direção presidida por Vitório Píffero, vulgo “Obino Colorado”. O time deve melhorar, entretanto, deve se manter na briga por uma vaga na COpa Sul-americana, NO MÁXIMO, pela última vaga da Libertadores. Caso contrate Lembo ou Sorondo, ambos ótimos zagueiros uruguaios, o time será (NO PAPEL) um dos melhores do Brasil. Creio que seja tarde demais para uma reação a essa altura do campeonato…
abel.jpg [Abelão na época de atleta no Paris Saint-Germain-FRA]
 abela.jpg [Abel em sua passagem meteórica como treinador do Olympique de Marseille-FRA]

Tchüss!!

[DOC]

11 de Agosto de 2007 – 14h42

Novembro é o mês!

agosto 9, 2007

Se realmente se confirmar à vinda da dupla White Stripes para a capital gaúcha será uma bela oportunidade para vermos umas das melhores bandas em atividade no mundo.

De acordo com a Zero Hora de hoje, 09 de agosto, a Opinião Produtora pretende confirmar em breve o show a ser realizado em novembro.

white_stripes_4057.jpg

Será a turnê de seu mais novo cd intitulado “Icky Thump”.

Que por sinal, assim como todos os cd´s da dupla, está impecável.  

Eu como fã fico na torcida para que isso se concretize.

 

Alemão Pizoni

“ELE”, O PROCESSO

agosto 9, 2007

TÍTULO 1:

Ah… o processo. Instrumento movido por advogados e promotores de justiça para fazer valer os direitos dos cidadãos dignificados por força de lei, o processo é apaixonante, pelo menos para quem tem o prazer de conhecer seus requisitos intrínsecos e suas diversas formas de exercício. Quanto mais se trabalha com o processo, mais se conhece as suas peculiaridades e todo o romantismo que norteia. Entretanto, quem muito trabalha com “ele”, tende a não ter tempo para mais NADA. De uns tempos pra cá, “ele” vem me mantendo bem ocupado, uma das razões pelas quais, infelizmente, passarei a escrever cada vez menos neste blog. Gostaria de disponibilizar de um maior lapso temporal para expor meus pensamentos aqui, junto aos meus amigos, porém, a vida é feita de escolhas. O processo é o elemento essencial no meu trabalho, e sem ele, eu seria mais um desempregado no país “igualitário” do Lula. Enfim, o processo tem uma vastidão de caracteres positivos, mas caso o ser humano infrinja os preceitos fundamentais a que a sociedade de sua nação preza, aí conhecerá o lado negro e sombrio do processo. “Ele” faz o devedor pagar a dívida ao credor, se preciso, congela suas contas e publica seu nome no rol de devedores como meio de coação moral. “Ele” obriga o pai a pagar alimentos ao filho menor de idade, sob pena de prisão e força policial. “Ele” pune o homicida com penas pesadas, fazendo com que ele passe metade da sua vida atrás das grades. “Ele” é doce e romântico, mas também sabe ser frio e vingador…

TÍTULO 2:

Muitos diziam que ela não voltaria às grandes revistas ou mesmo aos desfiles mais célebres. Outros aduziam que ela jamais se recuperaria do forte golpe que sofreu. O povo taxou ela de aproveitadora. Ela foi escurraçada pela mídia e pela crítica de um modo geral. E o que aconteceu? NADA. Ela segue ganhando bem, segue com um corpo belíssimo e segue namorando Tato Malzoni, um empresário cheio das condições pecuniárias. Com vocês, a ex-Senhora Nazário, Daniella Cicarelli…ah…e cá entre nós, mas a Raica não é de nada ao lado dela…

cicarelli.jpg

Tchüss!!

[DOC]

8 de Agosto de 2007 – 22h23

Quem nunca ouviu o Pretinho?

agosto 8, 2007

Quem nunca deu risadas no meio do trânsito(pagando o maior mico) com as piadas contadas por esses loucos? Quem nunca ouviu o Clô e seu tradicional “tudo bem?” “tudo bem?” “tudo bem?” “tudo bem?” ???? Quem não adora ouvir o Joãozinho??

pb.jpg

Enfim poderia ficar horas escrevendo sobre, o que acontece lá dentro do estúdio e que todo mundo ama ouvir.Este programa é um fenômeno de audiência no Estado, exibido pela Rádio Atlântida às 13h e às 18h conquistou o público de forma espantosa. Apresentado por Alexandre Fetter (ex pop rock), contando com as presenças de Mauricio Amaral, Cagê(também dois ex pop rock) L. Potter e Porã, cada dia mais o Pretinho Básico vem se consolidando como um dos melhores programas do rádio gaúcho. Além das estrelas móveis Mister Pi, Rodaika, Neto Fagundes e o mestre David Coimbra que dão(como diria o alemão) um up no programa.

Segundo o Ibope do mês de Julho, o Pretinho conta com aproximadamente, 35 mil ouvintes por minuto. Como prova da sua grande audiência temos a comunidade do Pretinho no orkut, que conta com mais de 45 mil membros e cresce a cada dia. O blog do pretinho, que possui alguns post com mais de 80 comentários. Outra prova de sua audiência foi na minha aula de ontem à noite, na faculdade Teoria da Comunicação era a cadeira. Eis que se estabelce um debate na sala de aula e vira uma celeuma todo mundo falando ao mesmo tempo, e a glaera do fundo começa a imita o saxofonista outros começam a imitar os patrocínios da piada do potter e toda galera do fundão fica “brincando” de Pretinho Básico foi hilário.

Enfim pessoal trata-se de um dos melhores programas do FM alguém tem alguma dúvida?? Eu não!!

Salve o Pretinho!! Que alegra nossos dias!!!!

Abraço a todos

Juliano Soares

O vírus do amor

agosto 7, 2007

Segundo meu estimado professor e jornalista Juremir Machado da Silva, todos nós em alguma etapa da vida, somos arrebatados pelo que ele chama de “vírus do amor”.

E quem nunca contraiu, digamos assim, esse vírus que atire a primeira pedra. Evidente que como qualquer vírus maléfico, não temos a capacidade de evitar o contágio.

Ele pode ser contraído a qualquer momento, o que parece ser o mais grave, aquele que nos pega de uma hora pra outra e derruba mesmo. Ou pode aos poucos tomando conta de nosso sistema nervoso. O que acaba resultando em uma paixão não menos fulminante que a do primeiro caso.

Ao longo dos tempos ficou claro que esse vírus atinge mais o sexo feminino. Porém, quando ele atinge aos homens, aí sim, temos o tipo mais grave. Sim! Por que não tem coisa mais idiota, sincera e intrigante do que homem apaixonado?

Homem quando está amando é capaz de coisas que até a Mãe do individuo duvida. Tenho um amigo, citarei só as inicias para evitar algum constrangimento, que acaba de ser derrubado pelo vírus. De acordo com E.G, ele está nocauteado. A paixão o derrubou. Está cego de amor. Confessou-me que casaria amanhã com a moça se ela pedisse. Viu como é grave?

Mas cá entre nós, existe coisa melhor nessa vida do que se apaixonar loucamente? Dormir, sonhar, acordar, pensar o tempo todo naquela pessoa que povoa teu pensamento enquanto tu cantas o refrão da tua música preferida?

Salve o amor!

Claro que existem alguns casos em que o vírus se manifesta e infelizmente não tem sua cura, ou seja, não é correspondido. Mas, isso é assunto pra outro dia.

Hoje o que importa é amar.

Abraços E.G!

Alemão Pizoni

Boa releitura…

agosto 7, 2007

pra mim Celso Fonseca salvou a música que fez sucesso na voz do Mc Leozinho, que foi hit a uns dois verões atrás. Se ela dança eu danço tocou até não querer mais, torrou o saco de muita gente, inclusive o meu. Mas esta releitura na minha cf.jpgótica foi um achado.

Pra quem não conhece, Celso Fonseca é um grande nome da mpb, é o típico caso do artista mais conhecido fora do que aqui no Brasil. Foi produtor de muita gente boa como Dulce Quental, Gilberto Gil, Gal Costa teve suas composições gravadas nas vozes de Caetano Veloso, Nana Caymi, Zizi Possi enfim é um cara de muito talento que vale a pena ir atrás do som dele.

Ta ai a dica… em breve tentarei disponibiliza-la pra vocês ouvirem

Abraço a todos

Juliano Soares

300 CONTRA O “RACISMO”

agosto 7, 2007

TÍTULO 1:

Tive a oportunidade de assistir ao filme “300”, de Zack Snyder, neste último sábado, recém saído dos cinemas. Logo abaixo, seguem as informações a respeito:
Gênero: Ação, Aventura, Drama, mais…
Duração: 117 min.
Tipo: Longa-metragem / Colorido
Palavras-Chaves: Baseado em quadrinhos, Baseado em fatos reais, Filme histórico, mais…
Distribuidora(s): Warner Bros.
Produtora(s): Warner Bros. Pictures

Diretor(es): Zack Snyder
Roteirista(s): Zack Snyder, Kurt Johnstad, Michael B. Gordon, Frank Miller (2), Lynn Varley
Elenco: Gerard Butler, Lena Headey, Dominic West, David Wenham, Vincent Regan, Michael Fassbender, Tom Wisdom, Andrew Pleavin, Andrew Tiernan, Rodrigo Santoro,
Lançamento do DVD: 02.08.2007
Estréia nos cinemas: 30.03.2007
Dispon�vel em DVD

SINOPSEEm 480 antes de Cristo, durante a famosa batalha de Thermopylae, o rei de Esparta, Leônidas (Gerard Butler), lidera seu exército contra o avanço dos Persas, comandados por Xerxes (Rodrigo Santoro). Na História, a batalha ficou marcada por ter inspirado toda a Grécia a se unir, o que ajudou a solidificar o conceito de democracia que se conhece hoje. Adaptação dos quadrinhos criados por Frank Miller.

CRÍTICA: Filme muito fraco. Os produtores abusaram dos efeitos visuais, sendo que TODOS os 300 guerreiros espartanos tinham corpos esculturais extremamente definidos pelo photoshop e ainda davam pulos exagerados de léguas de distância, com direito a slow motion para que não fossem percebidas as falhas grotescas. Ridículo. Uma película que exigia o gênero AÇÃO, e tem o seu desenrolar demasiadamente lento, com cenas em slow motion descaracterizando a veracidade dos movimentos humanos. A participação do brasileiro Rodrigo Santoro é pequena, mas interessante. Este filme pecou em muitos detalhes, e perdeu (E MUITO) para outros filmes do gênero (Gladiador e Tróia, por exemplo).

NOTA DO FILME: 4,0/10 

TÍTULO 2:

Falei do Juventude ontem, e volto a falar do Time da Papada novamente. A direção reagiu bem aos mals resultados, contratando dois novos reforços que devem agregar certa qualidade ao time, tendo em vista o mediocre plantel atual. Ambos jogaram no Grêmio. Já adivinhou? São eles: Jucemar, lateral-direito com passagem pífia pelo Tricolor, e Marcelo Costa, meia de boa qualidade técnica, um dos destaques na Batalha dos Aflitos (naquele time era craque ao lado de AnderSHOW). Não são craques da bola, mas são jogadores que sabem jogar bem em times pequenos em ascensão no cenário nacional, tal como o Ju. Mas o assunto que venho trazer à baila é muito mais sério.  Um fato extremamente lamentável aconteceu no jogo entre Juventude e Atlético-MG, celebrado neste final de semana. O lateral júlio César do juventude, foi expulso, e ao sair do campo, foi chamado de MACACO pela sua própria torcida. Já havia se visto as torcidas chamarem os atletas dos times adversários de macacos, agora chegaram ao CÚMULO de chamar, inclusive, os atletas do próprio clube do coração. PELO AMOR DO SENHOR!!!! Que atitude recriminável! Fosse na Europa, o Juventude levaria uma bela de uma multa e ficaria rodadas a fio sem jogar em seu estádio, como forma punitiva. Não bastasse ano passado o zagueiro Antônio Carlos, atleta do Juventude na época, cometer aquele abuso contra o volante Jeovânio,ex- capitão do Grêmio, ainda aparecem idiotas travestidos de torcedores cometendo estes verdadeiros ilícitos penais. A propósito, todos falam em RACISMO. Isso NÃO é racismo. Isso se chama INJÚRIA PRECONCEITUOSA. Racismo é forçar alguém a fazer alguma coisa, constranger alguém a algo, não permitir a entrada de alguém, em razão de raça, credo, cor ou qualquer forma de distinção racial. O que os torcedores cometeram foi o crime de injúria preconceituosa, o qual tem por escopo insultar a pessoa, face a um pré-conceito existente na sociedade. Nada contra meus amigos da imprensa, tenho muitos amigos jornalistas (entre eles o Fuca e o Alemão, que assinam comigo este BLOG), mas volta e meia alguns mais desinformados cometem algumas gafes querendo  elaborar reportagens sobre o Direito. Por vezes, é melhor ter a humildade de consultar uma pessoa que conheça do assunto, para então veicular matéria a respeito.

Tchüss!

[DOC]

6 de Agosto de 2007 – 21h58

O começo pelo fim

agosto 6, 2007

Falar sobre o fim da vida ou o fim de alguma coisa é muito difícil. Mas o fim, na maioria das vezes é notado antes que ele se concretize de fato.

Quando estamos no aconchego do nosso lar e entra no ar o Fantástico, logo nos primeiros acordes da trilha pensamos: “acabou o fim de semana, e o pior, amanhã é segunda e começa tudo de novo”.

Em uma partida de futebol, quando seu time está perdendo em casa e pressiona, e a bola passa a dois centímetros da trave você sabe que é o fim. Não tem como. Não é hoje o dia. A bola não vai entrar.

Naquele churrasco com os amigos, quando ta todo mundo já turbinado, e você vai pegar mais uma ceva e só tem Kaiser (nada contra a marca só não gosto mesmo), pronto! Deu. Acabo.

Mas creio que o fim não passa de um recomeço. Uma nova oportunidade de repensarmos o futuro e nos tornarmos uma pessoa melhor.

Claro que temos que tirar lições sobre o fim dos ciclos de nossas vidas. Como a de não assistir ao Fantástico para não e deprimir. O de ser competente na hora de fazer o gol. E o de comprar só Polar no próximo churrasco.

 

Alemão Pizoni

MAIS UMA RODADA DE FIASCOS GAÚCHOS

agosto 6, 2007

TÍTULO ÚNICO:

Pela segunda rodada consecutiva Grêmio, Inter e Juventude perdem seus respectivos jogos. Um fiasco atrás do outro. O Juventude, há tempos, vem mostrando ser um forte candidato ao rebaixamento. O time é muito fraco, nitidamente, tanto que a derrota por 2 a 1 em casa para o Atlético-MG, neste domingo, foi ao natural. Poucos jogadores se salvam no time de Caxias, sendo Marcão (um volante já veterano, com passagens por Fluminense, e muitos outros clubes do Brasil) e Fábio Baiano (idem Marcão) os destaques. A torcida da papada precisa começar a fazer promessas, uma vez que Juventude e América de Natal emergem com grande porcentagem entre os 4 possíveis rebaixados a jogar a Série B do ano que vem. O Náutico começou a reagir, o mesmo acontecendo com Santos e Corinthians que vinham mal. O Flamengo também está mal, mas tem jogos a menos, e devido a sua força política, dificilmente irá ser rebaixado. Quanto ao Inter, o que se pode afirmar é que as entradas de Guiñazu e Marcão não alteraram em NADA o que o time já vinha produzindo. Marcão até agora não mostrou a que veio. Dou graças a Deus até hoje que meu Imortal Tricolor não conseguiu contratá-lo. Que jogadorzinho tinhoso!! Erra em todos os jogos, quase sem exceção. Neste jogo do Inter ante o Cruzeiro em Belo Horizonte, este domingo, Marcão deu de bandeja para os mineiros o primeiro gol. Christian no ataque colorado é um verdadeiro fiasco. Iarley tem jogado praticamente sozinho. Como já falei, Índio não é mais o mesmo. Quanto às estréias, Marcão mal encostou na bola. Guiñazu correu muito, se esforçou bastante, mas não teve muita objetividade. Os vermelhos demoraram a reagir. Só foram mostrar indignação quando já perdiam por 3 a 0. Iarley fez 3 a 1, e em nova jogada de Iarley, Adriano fez 3 a 2.  O Inter começa a pensar em vaha na Sul-Americana, já que a Libertadores está cada vez mais distante. Derradeiramente, quanto ao Grêmio, o que tenho a dizer é que foi o mesmo filme que vi no último jogo ante o Figueirense: muita transpiração, muita vontade, mas poquíssima efetividade. O ataque passa uma fase terrível e, por sua vez, a zaga não tem atuado como em jogos anteriores. O Tricolor tem o pior ataque do Brasileirão. O São Paulo marcou 1 a 0 com Borges quando o torcedor ainda se aconchegava nos bancos frios e trépidos do Monumental (2min da primeira etapa). O Grêmio se esmerou para empatar a peleya, mas a qualidade contestável de seu ataque não lhe dava supedâneo. A ausência de Cadu foi muito sentida, e a “presença” de Everton também. Definitivamente, Everton, Douglas, Itaqui, Nunes, Patricio, Aloísio… não são atletas dignos de vestir a camisa do Grêmio. É triste ver o Grêmio tentando, tentando e tentando…mas não tendo acabamento as jogadas. Coincidentemente, desde que Schiavi saiu a defesa não tem sido a mesma. NENHUMA surpresa para mim e meu amigo Professor Gustavo. Quando o Grêmio quase empatava, o narrador da Rádio Gaúcha Pedro Ernesto Denardin falava em INJUSTIÇA quanto ao resultado. Foi quando Diego Tardelli encerrou o jogo, marcando mais um gol, declarando 2 tentos a zero para o São Paulo Futebol Clube. O que Pedro Ernesto chama de injustiça, eu chamo de INCOMPETÊNCIA. Não entendo como Kelly não ganha oportunidades de Mano Menezes para jogar a partida inteira, o mesmo acontecendo com AMoroso. É hora de reagir!! A direção mostrou toda a sua leviandade ao não conseguir inscrever a tempo Eduardo Costa e Marcel para este jogo. Lamentável. Não há mais tempo para desculpas. Ou o Grêmio passa a jogar futebol de novo, ou terá o mesmo rumo que o Sport CLube da Beira do Rio…

Tchüss!!

[DOC]

5 de Agosto de 2007 – 21h29

UMA REFLEXÃO QUE TODO O CIDADÃO BRASILEIRO DEVERIA FAZER…

agosto 4, 2007
TÍTULO ÚNICO: 
Diante de palavras tão verdadeiras e tão contundentes, de autoria do mestre Arnaldo Jabor, me resignarei a usar este espaço que faço jus, como direito líquido e certo que me foi concedido pela Constituição Federal da República do Brasil, apenas transcrevendo a última crônica deste fílósofo da política pátria. Ainda bem que existem pessoas como Jabor que se mantêm fiéis às suas ideologias e resistem à toda esta hipocrisia chamada Governo Lula. Segue logo abaixo o texto.

“-Brasileiro é um povo solidário. Mentira. -Brasileiro é babaca.


Eleger para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari, só porque tem uma história de vida sofrida;


Pagar 40% de sua renda em tributos e ainda dar esmola para pobre na rua ao invés de cobrar do governo uma solução para pobreza;

Aceitar que ONG’s de direitos humanos fiquem dando pitaco na forma como tratamos nossa criminalidade…


Não protestar cada vez que o governo compra colchões para presidiários que queimaram os deles de propósito, não é coisa de gente solidária. É coisa de gente otária.


-Brasileiro é um povo alegre. Mentira. Brasileiro é bobalhão.-Fazer piadinha com as imundices que acompanhamos todo dia é o mesmo que tomar bofetada na cara e dar risada.


Depois de um massacre que durou quatro dias em São Paulo, ouvir o José Simão fazer piadinha a respeito e achar graça, é o mesmo que contar piada no enterro do pai. Brasileiro tem um sério problema. Quando surge um escândalo, ao invés de protestar e tomar providências como cidadão, ri  feito bobo.-Brasileiro é um povo trabalhador. Mentira.

Brasileiro é vagabundo por excelência. – O brasileiro tenta se enganar, fingindo que os políticos que  ocupam cargos públicos no país, surgiram de Marte e pousaram em seus cargos, quando na verdade, são oriundos do povo.


O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado ao ver um deputado receber 20 mil por mês, para trabalhar 3 dias e coçar o saco o resto da semana, também sente inveja e sabe  lá no fundo que se estivesse no lugar dele faria o mesmo.


Um povo que se conforma em receber uma esmola  do governo de 90 reais mensais para não fazer nada e não aproveita isso para alavancar sua vida (realidade da brutal  maioria dos beneficiários do bolsa família) não pode ser adjetivado de outra  coisa que não de vagabundo.


Brasileiro é um povo honesto. Mentira. – Já foi; hoje é uma qualidade em baixa. – Se você oferecer 50 Euros a um policial europeu para ele não te autuar, provavelmente irá preso. Não por medo de ser pego, mas porque ele sabe ser errado aceitar propinas.
O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado com o mensalão, pensa intimamente o que faria se arrumasse uma boquinha dessas, quando na realidade isso sequer deveria passar por sua cabeça.90% de quem vive na favela é gente honesta e trabalhadora. Mentira. – Já foi. Historicamente, as favelas se iniciaram nos morros cariocas quando os negros e mulatos retornando da Guerra do Paraguai ali se instalaram. Naquela época quem morava lá era gente honesta, que não tinha outra alternativa e não concordava com o crime.

Hoje a realidade é diferente. Muito pai de família sonha que o filho seja aceito como “aviãozinho” do tráfico para ganhar uma grana legal. Se a maioria da favela fosse honesta, já teriam existido condições de se tocar os bandidos de lá para fora, porque podem matar 2 ou 3 mas não milhares de pessoas.

Além disso, cooperariam com a polícia na identificação de criminosos, inibindo-os de montar suas bases de operação nas favelas.

O Brasil é um pais democrático. Mentira. Num país democrático a vontade da maioria é Lei.  A maioria do povo acha que bandido bom é bandido morto, mas  sucumbe a uma minoria barulhenta que se apressa em dizer que um bandido que foi morto numa troca de tiros, foi executado friamente.


Num país onde todos têm direitos mas ninguém tem obrigações, não existe democracia e sim, anarquia. Num país em que a maioria sucumbe bovinamente ante uma minoria barulhenta, não existe democracia, mas um simulacro hipócrita. Se tirarmos o pano do politicamente correto, veremos que vivemos numa sociedade feudal: um rei que detém o poder central (presidente e suas MPs),  seguido de   duques, condes, arquiduques e senhores feudais (ministros, senadores, deputados, prefeitos, vereadores). Todos sustentados pelo povo que paga tributos que têm como único fim, o pagamento dos privilégios do poder. E ainda somos obrigados a votar.


Democracia isso?  Pense !O famoso jeitinho brasileiro.

Na minha opinião um dos maiores responsáveis pelo caos que se tornou a política brasileira. Brasileiro se acha malandro, muito esperto. Faz um “gato” puxando a TV a cabo do vizinho e acha que está botando pra quebrar.

No outro dia o caixa da padaria erra no troco e devolve 6 reais a mais, caramba, silenciosamente ele sai de lá com a felicidade de ter ganhado na loto…malandrões, esquecem que pagam a maior taxa de juros do planeta e o retorno é zero. Zero saúde, zero emprego, zero educação, mas e daí? Afinal somos penta campeões do mundo né? Grande coisa…O Brasil é o país do futuro. Caramba , meu avô dizia isso em 1950. Muitas vezes cheguei a imaginar em como seria a indignação e revolta dos meus avôs se ainda estivessem vivos. Dessa vergonha eles se safaram… Brasil, o país do futuro!? Hoje o futuro chegou e tivemos uma das piores taxas de crescimento do mundo.

Deus é brasileiro. Puxa, essa eu não vou nem comentar…

O que me deixa mais triste e inconformado é ver todos os dias nos jornais a manchete da vitória do governo mais sujo já visto em toda a história brasileira. 

Para finalizar tiro minha conclusão:


O brasileiro merece! Como diz o ditado popular, é igual mulher de malandro, gosta de

apanhar. Se você não é como o exemplo de brasileiro citado nesse e-mail, meus sentimentos amigo, continue fazendo sua parte, e que um dia pessoas de bem assumam o controle do país  novamente. Aí sim, teremos todas as chances de ser a maior potência do planeta. Afinal aqui não tem terremoto, tsunami nem furacão.Temos petróleo, álcool, bio-diesel, e sem dúvida nenhuma  o mais importante:  Água doce!Só falta boa vontade, será que é tão difícil assim? ” (ARNALDO JABOR)

Tal como já tive oportunidade de falar, a meu ver falta conscientização ao povo brasileiro. Trazemos arraigadas em nossas veias toda a sujeira histórica proporcionada por nossos “3 poderes independentes”, seja no presente, seja no pretérito. A política no Brasil virou motivo de piada. O povo não acredita mais nos seus governantes, uma vez que se surpreende todo o dia com uma falcatrua diferente. Os próprios governantes se sacaneiam e criam CPIs para investigar eles mesmos em meio ao próprio trabalho “digno e limpo” deles. CPI do Apagão Aéreo, CPI dos Correios, CPI das Sanguessugas, CPI DA VÓ DO BADANHA!!!!!!!! Só sabemos que estamos sendo apunhalados pelas costas (MAIS UMA VEZ) e que estas retrocessões chamadas CPIs não punem os culpados, servem apenas para eles perderem momentaneamente seus direitos políticos ou serem exonerados. Estamos entregues às margens de um rio repleto de corpos devassados como numa Guerra Mundial. Nosso dinheiro voa como a facilidade que um beija-flor tem ao se dirigir até a rosa mais próxima. E querem saber o pior?
NÃO SABEMOS QUANDO ISSO IRÁ ACABAR, E JÁ NÃO TEMOS MAIS FÉ E ESPERANÇA NUM FUTURO MELHOR!
Nada mais.

Tchüss!

[DOC]

03 de Agosto de 2007 – 23h18

Foi bom enquanto durou

agosto 3, 2007

O futebol brasileiro está dando adeus a uma das suas estrelas e sem dúvida nenhuma ao melhor jogador em atividade no país. Alexandre Pato foi vendido ao Milan por 22 milhões de euros(R$ 56,4 milhoes ), deste montante o Inter fica com a multa recisória US$ 20 milhões (R$37,5 milhões) e o resto fica para o jogador e seu empresário cerca de R$ 18,9 milhões.

Fico triste pela perda de uma das maiores revelações do futebol gaucho nos últimos tempos, creio que Pato em um futuro próximo será um dos melhores jogadores do mundo. Pois irá amadurecer muito na Europa assim como outros jogadores que sairam jovens daqui evoluiram muito em todos os fundamentos do futebol.

 Mas fico feliz pelo Pato, é um cara que merece e esta realizando seu sonho de jogar ao lado do Ronaldo.

É triste mas está é a realidade do futebol brasileiro, quando surge um grande jogador logo vem algum clube europeu banca o que tiver que bancar e leva o jogador. O Inter fez o que pode e no fim das contas saiu com uma boa quantia em caixa. 

Abraço a todos!

Juliano Soares


%d blogueiros gostam disto: