THIAGO PEREIRA E A OBSESSÃO PELO NÚMERO 23

by

TÍTULO 1:

Os Jogos Pan Americanos Rio 2007 acabaram, tal como meu amigo Alemão enalteceu na sua coluna infra. O Brasil alcançou o seu melhor desempenho na história dos jogos entre as Américas, ficando em terceiro lugar (em Santo Domingo, nos Jogos Pan Americanos de 2003), atrás somente dos imbatíveis Estados Unidos e de Cuba. Gize-se que em Santo Domingo, o Brasil havia ficado em quarto lugar, logo atrás do Canadá. Estes resultados maravilhosos do esporte brazuca devem aumentar o investimento de empresas. DEVE. Nada é certo, em termos financeiros,  na “terra brasilis”. Com esta digna organização (exceto por alguns casos peculiares) faz do Brasil um candidato considerável à organização de uma das próximas olimpíadas. Quanto às medalhas, o Brasil foi o PRIMEIRO LUGAR em medalhas de bronze (67 contra 41 de Cuba e 52 dos EUA), o SEGUNDO LUGAR em medalhas de prata (40 contra 35 de Cuba e 88 dos EUA) e TERCEIRO LUGAR em medalhas de ouro (54 contra 59 de Cuba e 97 dos EUA). Jamais havíamos conquistado tantas medalhas de ouro. Bravo, Brasil! Parabéns, Carlos Arthur Nuzmán!! Este foi o Pan em que Hugo Hoyama bateu o recorde de Gustavo Borges (Hoyama é hoje o atleta com maior número de medalhas de ouro em pans – são 9); foi o Pan em que Janeth se aposentou no basquetebol; foi o primeiro Pan de Flávio Saretta no tênis (tendo ele vencido o torneio ante uma quadra SEM público); foi o Pan em que Daiane dos Santos e Flávio Canto decepcionaram, em razão de suas lesões, entre outros acontecimentos. Entretanto, destes Jogos Pan Americanos, o que ficará gravado na minha mente, será a imagem do NASCIMENTO DE UM NOVO ÍDOLO BRASILEIRO… THIAGO PEREIRA. O homem das braçadas de aço do Brasil!!!! Este guri é um FENÔMENO!!! É o futuro da natação brasileira (ao lado de César Cielo)!! Ele disputou 8 modalidades, tendo levado o ouro em 6, prata em 1 e bronze na outra. Ele não só quebrou recordes e alcançou índices para a Olimpíada de Pequim (ou Beijing, se preferirem), como também tornou-se um NOVO ídolo brasileiro. Tchê, ele superou o “mago das piscinas” de nome Mark Spitz. Thiago Pereira é O NOME DO PAN. Estou ansioso para assistir a um confronto dele contra o norte-americano Michael Phelps. Caso vença o brazuca, aí terei certeza absoluta de minhas palavras aqui proferidas…
thiagosw.jpg [Thiago Pereira comemorando o ouro no nado de peito]

TÍTULO 2:

Neste domingo pretérito, tive a oportunidade de assistir ao filme “Número 23”, do festejado diretor Joel Schumacher (o mesmo de “Em Má Companhia”, “Por um Fio”, “Tigerland – O Caminho da Guerra”, “8 Milímetros”, “Um Dia de Fúria”, etc etc etc.). Um baita de um filme. Sem pestanejar: ENTROU PARA A MINHA LISTA DE FILMES FAVORITO!!! Logo abaixo seguem as informações.
GÊNERO> suspense
ROTEIRO> Homem (Jim Carrey) fica obcecado por um livro que parece retratar toda a sua vida. No final, porém, há um assassinato que ainda está para acontecer e ser esclarecido.
PRODUÇÃO> New Line Cinema
ANO> 2007
LANÇAMENTO NO CINEMA> 23.03.2007
ELENCO> Jim Carrey, Virginia Madsen, Logan Lerman, Danny Huston, Lynn Collins, Rhona Mitra, Michelle Arthur, Mark Pellegrino, Paul Butcher, David Stifel, Corey Stoll, Ed Lauter, Troy Kotsur, Walter Soo Hoo, Patricia Belcher
CRÍTICA> Grande filme. Houve poucos alardes envolvendo esta película. Muitos criticaram ao afirmar que Jim Carrey só sabe fazer comédia. MENTIRA. Carrey já fez “O Show de Truman” (vencedor do GLobo de Ouro), “Cine Majestic” e “Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças”, todos filmes de boa expressão. Em “Número 23”, Jim Carrey tem uma atuação destacada, mesmo ao lado de atores de pouco prestígio em Hollywood. A trilha sonora ajuda a criar um clima de suspense e expectativa todo especial. É do tipo de filme que não se pode piscar um segundo, já que se trata de um quebra-cabeças e é preciso raciocinar cena por cena, caso contrário, a pessoa não entende aonde o diretor quer chegar. Foi um filme do meu agrado, no melhor estilo “12 Macacos”.
NOTA DO FILME: 9,0/10

23.jpg

Tchüss!!

[DOC]

30 de Julho de 2007 – 15h10

Anúncios

Uma resposta to “THIAGO PEREIRA E A OBSESSÃO PELO NÚMERO 23”

  1. fernando Says:

    O filme é realmente muito bom, impactante e tem uma boa temática. Mas achei 3 erros cruciais:

    1º) Jim Carrey. Talvez pelo costume, não consegui ‘assimilar’ o ator a esse filme de suspense. destaco para a parte que a “loira” se joga da janela do apartamento quando ele desce. Naõ levei susto nem a cena obteve impacto sobre mim. Fiquei com vontade de rir (cara do JC na hora).

    2º) O filme não tem ‘TIME’. Ele poderia ir resolvendo o quebra cabeça parte por parte no filme. Mas não: eles enchem o filme de suspense e resolvem tudo num BANG de uns 15 minutos no final. De vez.

    3º) O filme A janela secreta? Qualquer semelhança, mera coincidencia (ou não).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: